Páginas

Facebook

terça-feira, 25 de maio de 2021

Ceará receberá nesta madrugada seu 28º lote de vacinas contra Covid-19

 

Distribuição dos imunizantes aos municípios cearenses será feita em até 24 horas

Está agendada para esta madrugada, de terça (25) para quarta-feira (26), a chegada ao Ceará do 28º lote de vacinas contra Covid-19. Neste envio, o Estado receberá 231.500 da Oxford/AstraZeneca/Fiocruz, de acordo com relatório enviado pelo Ministério da Saúde.

O governador Camilo Santana comentou que, com a chegada de mais um lote, o Ceará dará continuidade à campanha de vacinação em todo o Estado. “Seguimos na luta diária para conseguir mais vacinas para todos os cearenses. Não descansarei até que todos os cearenses sejam vacinados, pois a única forma de voltar à normalidade e acabar com essa pandemia é com a vacinação”, ressaltou.

Seguindo as orientações do Programa Nacional de Imunizações (PNI), este lote será destinado à 4ª fase da campanha de vacinação, com aplicação de primeira dose.

Distribuição

Como é feito a cada lote, as vacinas são distribuídas de forma proporcional aos municípios cearenses, em até 24 horas depois de sua chegada à Capital. A logística de distribuição dos imunizantes é operacionalizada pela Sesa, com o apoio da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer).

São oito rotas, sendo cinco aéreas, que levam os imunizantes às 22 Áreas Descentralizadas de Saúde (ADS), responsáveis por articular a entrega do material junto às secretarias municipais de Saúde. O agendamento da vacinação é de responsabilidade de cada um dos municípios.

O controle do repasse das remessas visa cumprir as diretrizes de destinação das doses, evitando que D2 seja utilizada como D1, e garantir o acondicionamento dos imunizantes da forma recomendada quando para uso não imediato.

Vacinômetro

O Vacinômetro da Sesa registrou, até as 17 horas da última segunda-feira (24), a aplicação de 2.573.056 doses de vacinas contra a Covid-19 distribuídas por todo o território cearense, sendo 1.603.002 como primeira dose (D1) e 970.054 de segunda dose (D2).