sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021

O Território Criativo do Gesso, no Crato através do Coletivo Camaradas foi contemplado com financiamento da Lei Aldir Blanc.

 











O Coletivo Camaradas foi contemplado com o edital Prêmio Fomento, Cultura e Arte do Ceará, do Governo do Estado. Durante os meses de março e abril, serão realizadas atividades de dança, poesia, audiovisual e diálogos sobre racismo, direitos humanos e direito à cidade no Território Criativo do Gesso de forma online. Com 11 instituições protagonizando os eventos, o projeto é uma ação integrada de democratização estética, artística, cultural e literária focada na cultura de base comunitária.

O Território Criativo do Gesso funciona como rede de articulação e de reconhecimento territorial desde 2015. Tem sido um importante instrumento de participação, discussão e de ações sobre o direito à cidade e transversalidade da cultura. Surge com o intuito de integrar, fortalecer e potencializar ações das organizações da sociedade civil que atuam nos bairros São Miguel, Pinto Madeira, Santa Luzia e Centro, na cidade do Crato.

Para o articulador, Alexandre Lucas, são manifestações que ajudam a produzir as narrativas do lugar. “Fruto da Lei Aldir Blanc, esse projeto traz questões que estão na centralidade das nossas discussões enquanto organizações. Ao mesmo tempo em que busca reconhecer os saberes e fazeres locais, pensar novas formas de ambiências periféricas e processos em que os sujeitos possam ser percebidos como construtores da cidade”, apontou.

Eventos diversificados

O Projeto será desenvolvido em parceria com Pontos de Cultura, ONGs, coletivos, grupos da tradição popular, escolas e universidades. O recurso do Prêmio possibilitará subsidiar ações e auxiliar na estruturação das organizações, dar continuidade aos eventos do Coletivo Camaradas e ampliar as iniciativas afirmativas de combate ao racismo e promoção dos direitos humanos.

Seis eventos integram a programação: Encontro do Território Criativo do Gesso; Mostra Urbana; Seminário Racismo, Direitos Humanos e Direito à Cidade; Encontro da Poesia no Gesso; Festival Caldeirão das Danças; Mostra Nacional de Vídeos sobre Intervenções e Performances.

Instituições beneficiadas: Museu e Escola de Artes Raimunda Bastos Leandro (Raimunda de Canena); Ponto de Cultura Paraíso dos Caipiras; Espaço de Dança Aline Silva; Studio Physical Fitness e Dança; Espaço Capoeira; Slam das Minas Kariri; Maracatu Raízes; Cia de Dança e Música Unidance; Terreiro do Mestre Roxinha; Narradores Cariri e grupos esportivos.

O Coletivo Camaradas

Criado em 2007, é uma organização que atua no campo da democratização estética, artística, cultural e literária a partir de um viés da transversalidade da cultura e do direito à cidade. Tendo uma forte atuação na construção do Território Criativo do Gesso, na cidade do Crato, o Território é composto por quatro bairros: São Miguel, Santa Luzia, Pinto Madeira e Centro, na comunidade do Gesso.

Desenvolve ações no campo da urbanização social, como a conquista do Sítio Urbano do Gesso (Lei Municipal 3.612/2019). Promove a articulação em rede das organizações da sociedade civil e poder público. Atua de forma significativa no campo da cultura leitora (ações continuadas), através do Programa Território da Palavra, que é composto de seis projetos no campo da acessibilidade da leitura, literatura e do livro: Pontos de Leituras (Higinotecas); Intervenção Urbana Poste Poesia; Roda de Poesia no Gesso; Núcleo de Contação de Histórias; Cine-Gesso e Sebo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário