sexta-feira, 4 de dezembro de 2020

Agenor Neto denuncia prefeitura de Iguatu por falta de repasses a hospital

 10-07-2019%2B-%2Bdep.%2Bagenor%2Bneto%2Bmdb%2B%2B-%2Bplenario%2B-%2Bfoto%2Bmaximo%2Bmoura%2B9%2B-%2Bok


deputado Agenor Neto (MDB), na ordem do dia da sessão plenária desta quinta-feira (03/12/20) da Assembleia Legislativa, denunciou a prefeitura de Iguatu por falta de repasse dos recursos destinados aos leitos de UTI para o Hospital Filantrópico Dr. Agenor Araújo. 

Segundo o parlamentar, devido a pandemia da Covid 19, foram instalados em Iguatu, na região centro sul do Estado, 30 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Foram 10 leitos no Hospital Regional de Iguatu, 10 leitos no Hospital São Vicente, que é uma unidade particular, e mais 10 leitos no Hospital Filantrópico Dr. Agenor Araújo. "Infelizmente, por motivação política, os recursos que o Governo Federal e o Governo do Estado destinaram para a prefeitura de Iguatu para serem repassados para o Hospital Dr. Agenor Araújo não chegaram ao hospital", informou. 

Agenor Neto disse que esses recursos foram repassados em outubro pelo Governo Federal e Governo do Estado e até agora não chegaram ao hospital filantrópico. "Esses 10 leitos de UTI vão ser fechados este mês", declarou.  

O deputado disse que para os outros hospitais os recursos destinados para o custeio dos leitos de UTI foram repassados.    

O parlamentar acrescentou que os leitos de UTI não servem apenas para Iguatu, mas para toda a região centro-sul e para o Estado do Ceará, porque se tiver vaga qualquer paciente do Ceará pode ser internado no Hospital Agenor Araújo. 

De acordo com o deputado, o hospital declarou que vai fechar as portas por causa de uma perseguição política promovida pela atual gestão municipal de Iguatu.   


IGUATU NOTÍCIAS 

Nenhum comentário:

Postar um comentário