quarta-feira, 8 de julho de 2020

Procuradoria da República no Ceará vai se unir a Polícia Federal para encontrar mortos que receberam Auxílio Emergencial


No Ceará , cerca de 1.561 mortos receberam o Auxílio Emergencial. Esses mesmos mortos, votam, fazem empréstimos e operam contas, como o ocorrido na Caixa Económica Federal, onde sacaram o benefício.

O Tribunal de Contas da União (TCU) enviou para a Procuradoria da República todos os casos. A Polícia federal vai investigar. Descobrir como esses mortos foram ressuscitados é mais importante até mesmo que o dinheiro roubado. 

Roberto Moreira 

Nenhum comentário:

Postar um comentário