sexta-feira, 19 de junho de 2020

Região do Cariri apresenta maior crescimento de casos e óbitos por Covid-19 no Ceará na última semana

Estátua de Padre Cícero em Juazeiro no Norte, principal cidade da região do Cariri; cidade teve aumento de casos de Covid na última semana — Foto: Nívia Uchôa
Estátua de Padre Cícero em Juazeiro no Norte, principal cidade da região do Cariri - Cidade teve aumento de casos de Covid na última semana

A Região do Cariri apresentou o maior crescimento de casos e óbitos por Covid-19, com 56, 8% e 48,8% de incremento, respectivamente, na última semana. As informações são do boletim epidemiológico da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), divulgado na noite desta última quarta-feira (17).

Conforme o boletim, apesar de o aumento nos dois indicadores, os números foram menores em comparação com a semana passada, quando a região registrou 61,4% de casos confirmados pelo novo coronavírus e 50% de mortes pela doença.

Duas áreas do Cariri se destacaram na incidência de casos confirmados. São elas: Juazeiro do Norte (61,8%) e Crato (43,6%), a última pela segunda semana consecutiva. As chamadas ''regiões descentralizadas de saúde'' de Iguatu (78%) e Crateús (52,5%) também tiveram aumento no número de pessoas com a doença, já Fortaleza apresentou o menor incremento de casos na semana em questão, com 10,8%.

Dados do documento também mostraram que a taxa de mortalidade por 100 mil habitantes cresceu 115,7% na região de saúde do Crato esta semana. A região (que abrange as cidades de Altaneira, Antonina do Norte, Araripe, Assaré, Campos Sales, Crato, Farias Brito, Nova Olinda, Potengi, Salitre, Santana do Cariri, Tarrafas e Várzea Alegre) registrou 6,9 óbitos por Covid-19 por 100 mil habitantes. Já a taxa de mortalidade pela doença no Ceará passou de 46,8 para 56,5 óbitos por cada 100 mil habitantes em 7 dias, representando um incremento de 20,8%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário