terça-feira, 26 de maio de 2020

Ministro da Educação convocado pelo Senado para explicar porque disse que Brasília é “cancro de corrupção, privilégios, porque odeia índios e considera ministros do STF vagabundos"

O Senado Federal aprovou nesta segunda-feira (25) a convocação do ministro da Educação, Abraham Weintraub, para esclarecer falas registradas na reunião ministerial do dia 22 de abril. O vídeo foi tornado público nesta sexta (22) pelo ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF).
Na ocasião, Weintraub chamou os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) de "vagabundos" e disse que queria prendê-los. O ministro também disse que odeia os termos "povos indígenas" e "povo cigano" e classificou Brasília como "uma porcaria", "um cancro de corrupção, de privilégio".

Nenhum comentário:

Postar um comentário