Viviane Madeira continua desaparecida, confirma Polícia Civil de Sobral.

 



O desaparecimento da educadora física Viviane Madeira Silva, de 27 anos, vista pela última vez em uma festa no Bairro Dom Expedito, em Sobral, já ultrapassa 100 dias e segue sem respostas da polícia sobre o paradeiro da jovem.

Nesta quinta-feira (21), o Sistema Paraíso de Comunicação chegou a confirmar que a jovem teria sido encontrada, porém o fato não foi confirmado pela Delegacia Regional de Sobral, que é a responsável pelas investigações do desaparecimento da jovem.

De acordo com o Portal paraíso, uma pessoa, cuja identidade foi preservada, afirma ter visto Vivi, como é conhecida, entre os bairros Cohab 2 e Boa Vizinhança, numa “das bocas de fumo” que têm se espalhado por diversos bairros de Sobral. Segundo o relato de outra testemunha, “Ela está muito diferente, de cabelos curtos, bem mais morena, e semblante sofrido”, disse.

Segundo a Polícia Civil, até o momento, 34 pessoas foram ouvidas durante as investigações, que estão a cargo da Delegacia Regional de Sobral.

Ainda de acordo com a corporação, as investigações seguem em uma fase sigilosa, desta forma, mais informações só podem ser divulgadas em momento oportuno para não atrapalhar os trabalhos policiais.

A família da jovem utilizou as redes sociais para comentar sobre a possível localização de Viviane:

   

                       Sobral On Line 

Postar um comentário

0 Comentários