Páginas

Facebook

segunda-feira, 15 de novembro de 2021

Rádio Iracema Comemora 70 Anos.

 



EdkUrJzX0AEwB41


Na data de 15 de novembro de 1951, o Cariri e o Ceará recebiam, em assinatura de Projeto pelo então cidadão de visão ampla José Parente, a segunda emissora de rádio AM, da região sul cearense. A Rádio Iracema de Juazeiro, era inaugurada. Com a presença de Luiz Gonzaga, Nora Nei, Carmem Costa, Nelson Gonçalves, Dalva de Oliveira... a festa aconteceu, a alegria, o entusiasmo, “assumiam” o espaço geográfico sul do Ceará. João Vitoriano (Seu Bibiu), o gerente. A competência, a garra, a capacidade profissional, tiveram em Coelho Alves, o início de um inegável e brilhante trabalho radiofônico. Escurinho, Pedro Barbosa, Francisco Silva (Foguinho), Albes Filho, Pedro Duarte, Cícero Antônio Alves, Raimundo Milton, Dalton Medeiros, exemplos de talentos comunicativos. Robledo Pontes, Lucier Meneses, Expedito Cornélio, Daniel Walter, Francisco Barbosa, Silvino Neves, Professor Luiz Carlos, ex-colega meu na sempre querida Faculdade de Filosofia do Crato, Agnaldo Carlos, marcas registradas na história da Pioneira. Coelho Alves, Vilmar Lima, Geraldo Alves, o saudoso Tio Gê e o seu “Geraldo Alves Comunica”, Alceli Sobreira, Dario Maia Coimbra, Darim, Maciel Silva e o seu Correio Sertanejo, as 15 horas, ainda recordo, sempre ouvia a boa e verdadeira música nordestina. Donizete Sobreira, Jucier Lima, Campos Júnior, Fábio Soares, Geraldo Batista, hoje, em outro plano universal, deixaram suas competências profissionais na “vida” da Rádio Iracema. Enéas Duarte, Carlos Araújo, José Boaventura, Souza Menezes, Robson Xavier, Erivan Xavier, Elias Rodrigues, Otávio Aires, Dr. Geraldo Menezes, Isolda Pedrosa, Vilma Maria, Célia Rodrigues, Wilanir Almeida, Toinha Alves, as vozes femininas ao microfone da Pioneira. Como esquecer Osmar Honorato, Zermar Bernardo, no controle técnico, na hoje chamada, mesa de áudio. Bosco Costa, Paulo Duarte, Wellington Balbino, Carlos Alencar e o seu “Futebol aqui, é pingo no i”, Eimar de Lima. E os programas de inegável, audiência! Discoteca do fã, onde o saudoso Tio Gê, trazia a sábia maneira de transmitir alegria. Alceli e Escurinho e a Coluna da Hora, o Grande Rádio Baile, na sapiência do inesquecível Coelho Alves. O Grande Jornal Sonoro IracemaLembrei-me de Você, onde Juciêr Lima e Pedro Silva, comandavam o horário, Lar do Lar, tinha em Nair Silva o dinamismo comprobatório de competência criativa e humana. Como esquecer: Flagrantes da Vida Juazeirense, onde o saudoso professor Daniel Walter, preparava, produzia e ainda, apresentava. Zé Carne Assada, sempre atento na jogada. Posso ter esquecido alguns nomes que fizeram a história da sempre, estimada e querida Rádio Iracema de juazeiro, A Pioneira, A Pioneira sempre jovem. Eu ia cometendo uma impagável, injustiça. o esquecimento do meu saudoso João Eudes, uma das vozes mais bonitas do Cariri. Acrescento como lembrança ainda, em mim presente, a parceria equipe esportiva Rádio Iracema, equipe esportiva Rádio Educadora do Cariri e a também parceria equipe jornalística Rádio Iracema, equipe Jornalística Rádio Araripe do Crato. Essas, as minhas referências a Sempre Pioneira, a sempre histórica e marcante, em abrangente aspecto Rádio Iracema de Juazeiro, a segunda do Cariri, a mais antiga em atividade no Verde Vale, levando, transmitindo aos lares sul cearenses, nordestinos, o progresso juazeirense, da Meca do Cariri, da cidade que mais cresce na região, da Capital da Fé, ao tempo que, hoje, em frequência modelada, divulga e promove a nossa terra, o nosso belo, verde e aconchegante Cariri, aos mais distantes lugares em nosso imenso universo. Parabéns Rádio Iracema, Viva o Rádio. 

Jorge Carvalho, Professor