Páginas

Facebook

quinta-feira, 18 de novembro de 2021

Rachel De Queiroz Completa 111 Anos E Fundação Cultural De Quixadá Prepara Programação De Aniversário Da Escritora


 

%C3%ADndice-2-300x300Os 111 anos de Rachel de Queiroz, escritora que a Terra dos Monólitos adotou como filha, será comemorado com uma programação cultural diversificada, com eventos que acontecem a partir desta terça-feira (16) e vão até o dia 19 de novembro. Organizada pela Secretaria de Cultura de Quixadá, a Semana Rachel de Queiroz promete emocionar o público com apresentações de músicos da cidade e da orquestra sanfônica do município.

A abertura da semana em homenagem a escritora começa hoje, com dois eventos que aproximam o público da primeira mulher a ingressar na Academia Brasileira de Letras (ABL). A partir das 8h30min, acontece a visita guiada, de forma presencial, ao Memorial Rachel de Queiroz. O espaço fica aberto até às 17h30min. A partir das 17h, nas escadarias do Chalé de Pedra, haverá um sarau literário.

Nesta quarta-feira (17), a Secretaria de Cultura promove o Café com Rachel, a partir das 10h, com uma sessão especial da Academia Cearense de Letras na Fazenda Não me deixes. E as homenagens à escritora não param por ai. Durante a noite, é a vez dos “Parabéns para filha do Sertão”, que tem início previsto para às 19h, com a apresentação da orquestra sanfônica, Banda de Música do município e participação da cantora Lívia Mara, na Praça da Cultura. Os parabéns pelos 111 anos de Rachel de Queiroz será com uma chuva de pétalas.

O secretário de Cultura de Quixadá, Clébio Viriato, lembra que o evento resgata a importância da escritora não apenas para a literatura brasileira, mas para escritores e amantes dos livros literários em todo o mundo e explica como surgiu o evento.

“Rachel de Queiroz é um dos ativos mais importantes do município de Quixadá, embora seja pouco explorada a imagem, o nome da escritora. A semana foi criada em 2014, quando a gente levou para a cidade da estatua da Rachel de Queiroz, essa estátua que fica na Praça da Cultura, Praça Gladson Martins, ela agregou um valor estimável ao Memorial Rachel de Queiroz. Fortaleza rinha uma estatua da escritora ali olhando para a Academia Cearense de Letras e Quixadá, que é a terra dela, terra querida, não tinha. Então, a gente não podia deixar isso em branco. Eu, Dário e Gladson, através da Associação de Cinema e vídeo de Quixadá, através da Associação Cego Aderaldo de Arte e Cultura, conseguimos a estátua. A Semana Rachel de Queiroz nasce com a ficção da estatua da escritora no memorial.  É muito importante a gente manter essa semana , pois é uma forma de preservar para as futuras gerações a importância dessa escritora, que além de ser a primeira mulher ingressar na academia  Brasileira de Letras, representa uma fase muito importante do movimento literário do Brasil: o Modernismo,  voltado mais para a questão do Regionalismo”, disse.

O evento prossegue com o lançamento da visita guiada online a Fazenda Não me deixes, a partir das 19h, da quinta-feira (18), com bate-papo com Lurdinha Leite Barbosa, com o secretário de Cultura, Clébio Viriato e Ana Paula. Já no dia 19, a semana comemorativa é encerrada com um tour virtual transmitido pela plataforma Google Meet direto da exposição Memorial Rachel de Queiroz, que acontece na biblioteca do Serviço Social do Comércio (Sesc), em Fortaleza, espaço que completa 67 anos de existência e que tem o nome da imortal da ABL.


                  Monólitos Post