Páginas

Facebook

terça-feira, 26 de outubro de 2021

Sem Previsão De Recebimento De Imunizantes, Camilo Pede Urgência Ao Ministério Da Saúde Para O Envio De Doses Para O Ceará.

 





image



 Não há previsão de chegada de novos lotes de imunizantes contra a Covid-10 no Ceará, de acordo com informações da Secretaria de Saúde do Estado. A informações foi fornecida pela pasta, na segunda-feira (25) e reforçada pelo Governador Camilo Santana, nesta terça-feira (26), ao publicar em suas redes sociais que entrou em contato com o Ministério da Saúde para avaliar e enviar, com urgência, doses ao Estado.

WhatsApp-Image-2021-10-26-at-14.33.34-1-750x588

Segundo a publicação, o pedido se refere ao envio de vacinas da Astrazeneca para garantir a continuidade no processo de imunização, com foco na aplicação de segundas doses. Um ofício já havia sido enviado pela Sesa ao Ministério. Com a falta de vacinas, atrasos e paralisações nesse processo, podem acontecer.

Segundo o Minis´terio da Saúde, o envio de todas as doses de AstraZeneca necessárias para completar o esquema vacinal da população adulta brasileira foi concluído. Contudo, segundo dados do LocalizaSUS, inseridos pelo Ceará, o Estado aplicou como primeira dose (D1) cerca de 72 mil que haviam sido destinadas pelo Governo Federal para a D2.

Se novas doses não chegarem, pelo menos 40,5 mil cearenses podem ser impactados por essa situação, considerando quem deveria receber a segunda dose entre domingo (24) e o próximo sábado (30) por ter recebido a primeira entre 26 de julho e 1º de agosto.

De acordo com dados do Vacinômetro, o Ceará já aplicou 11.348.869 doses de imunizantes contra a Covid-19.