Páginas

Facebook

segunda-feira, 11 de outubro de 2021

REORGANIZAÇÃO DO COMDEMA - CONSELHO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE DO MUNICÍPIO DE PACUJÁ, DECRETO, ELEIÇÃO E POSSE DA DIRETORIA EXECUTIVA E DO CONSELHO FISCAL.

 




70777338_10206105703838479_3231124078832123904_n


O COMDEMA - Conselho Municipal do Meio Ambiente, que é uma Instância representativa, consultiva e deliberativa, criado pela Lei Municipal nº 405/2009 em 25 de Maio de 2009, próxima semana estará com seus membros empossados pelo Prefeito Raimundo Filho e com sua diretoria e conselho fiscal eleitos e empossados para o bom desempenho das ações de Educação Ambiental pertinentes ao plantio de Árvores Nativas e Frutíferas, continuidade da eliminação lenta e gradual do NIM INDIANO que tanto MAL vem ocasionando ao Bioma Caatinga e as estruturas físicas das construções, aqui no município, é visível os malefícios e efeitos prejudiciais dessa planta exótica e nociva ao Meio Ambiente, especialmente em nosso Bioma que sofre com a agressividade e invasão dessa planta, um repelente natural e abortiva que nos assusta. 

Esta providência se faz necessária para que o município continue na vanguarda ambiental, dê continuidade ao seu crescimento ordenado e sustentável, que a FLORA e a FAUNA do Bioma seja preservada e que as ações em prol do SELO VERDE, IQM, SERRINHA Como Unidade de Conservação Ambiental Estadual e outros projetos sejam viabilizados e agilizadas na esfera ambiental, de acordo com as exigências das Leis Ambientais em vigor em nosso País e em nosso Estado.
No tocante a SEMANA DE PROTEÇÃO ANIMAL promovida pela SEMA - SECRETARIA ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE, o Município de Pacujá trabalhou de forma remota tendo em vista os cuidados com a PANDEMIA, não poderemos relaxar quanto ao Covid 19 uma vez que, adolescentes e crianças não estão vacinados, estamos de olho nos protocolos da OMS, da Medicina, do Estado e do Município, precisamos SALVAR VIDAS e sermos acima de tudo responsáveis por este grave momento vivido, jamais poderemos ser IRRESPONSÁVEIS, o USO da MÁSCARA é OBRIGATÓRIO por uma questão de AMOR À VIDA e de RESPEITO ao País. Na próxima semana estaremos nas comunidades para realizar ações presenciais onde será possível trabalhar com um número reduzido de pessoas especialmente crianças e adolescentes, por uma questão em prol da SAÚDE COLETIVA, não iremos realizar a habitual CAMINHADA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA CIDADE DE PACUJÁ, o Covid 19 continua desafiando as autoridades sanitárias a nível global, que DEUS seja nosso PROTETOR e GUIA, destaca o ambientalista Jorge de Moura.