Páginas

Facebook

quarta-feira, 27 de outubro de 2021

Bolsonaro Diz Não Ter Como Pagar Precatórios Em 2022, Chama A Situação De “Brincadeira” E Afirma Ter Confiança Na Aprovação Da PEC Sobre O Assunto.

 



image



 Chamando a situação dos precatórios de “brincadeira” e alegando que não tem como pagar, em 2022, os valores correspondentes a essas dívidas,, o Presidente Jair Bolsonaro afirmou, nesta quarta-feira (27), que confia na aprovação da PEC dos precatórios, no Congresso, que altera a regra de pagamentos dos precatórios, que são decisões finais da Justiça contra a União.

— A gente tem que negociar esse pagamento. Não tem como pagar essa dívida. E dívida de mais de dez anos, e pessoal faz estourar em cima da gente. O objetivo é te sufocar pela economia. Os caras querem me tirar daqui de qualquer maneira — disse Bolsonaro.

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), pretende votar nesta quarta-feira a PEC, que já foi aprovada em uma comissão especial. A proposta abre caminho para o pagamento do Auxílio Brasil turbinado de R$ 400 e amplia os gastos no ano eleitoral.

Bolsonaro afirmou que os precatórios são uma “brincadeira”, para ser “educado”:

— Começamos a buscar alternativas. Uma é renegociar os precatórios. Os que…Não quero entrar em detalhes. Esse precatório é uma brincadeira. É uma brincadeira, para ser educado aqui.

O presidente, contudo, apostou na aprovação da PEC pela Câmara e pelo Senado.

— Tenho certeza que a maioria do Senado e da Câmara…A Câmara já aprovou na comissão com uma ampla margem de votos. Espero que prossiga. É o Brasil, não sou eu. Eu vou embora um dia.