Páginas

Facebook

quarta-feira, 6 de outubro de 2021

Apesar De Liberação Estadual, Municípios De Crato, Juazeiro Do Norte E Barbalha Adiam Retomada Das Aulas Presenciais.

 


1_escola___retorno___pandemia_24-16807979

Aulas presenciais podem ser retomadas com 100% da capacidade, mas municípios do Crajubar não planejam volta integral(foto: Fábio Lima)


Apesar de o Governo do Ceará ter liberado o retorno do ensino presencial sem limite de capacidade nas salas de aula, os municípios do Triângulo Crajubar, na região do Cariri, decidiram adiar a volta integral dos estudantes às escolas. Em Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha, as Secretarias Municipais de Educação informaram que a retomada das atividades ocorrerá de forma gradual e que ainda não há previsão para a volta de 100% dos estudantes ao ambiente de ensino.

Dos três municípios, apenas o Crato já retomou parcialmente as aulas presenciais, com esquema de rodízio quinzenal e ocupação das salas limitada a 50%. Em entrevista à Rádio CBN CARIRI, a titular da Educação municipal, Germana Brito, alegou que as escolas ainda não estão preparadas para receber a totalidade de alunos matriculados. “Nós temos algumas unidades de ensino que ainda estão passando por reformas e, nesse momento, não temos condições de trazer logo os 100% dos alunos”, justificou a secretária.

Em Juazeiro do Norte, a Secretaria de Educação planeja o retorno das aulas presenciais somente em 3 de novembro. Segundo a titular da pasta, Pergentina Jardim, neste mês de outubro o município atravessará um processo de transição, em que pais e estudantes serão ouvidos sobre os protocolos de segurança a serem implementados nas escolas. Ela ainda acrescenta que a retomada será realizada de forma gradual, iniciando pelas turmas do ensino fundamental e infantil. “O mês de outubro será com atividades voltadas para as escolas de forma gradual, com aulões e simulados, reuniões com a comunidade escolar, a fim de testarmos os nossos protocolos. A partir de 03 de novembro voltaremos com séries específicas, que são o 5º e 9º anos, além das turmas do infantil 5”, detalhou.

 Em Barbalha, a Prefeitura ainda não fixou data para o retorno dos estudantes às escolas. Segundo a Secretária de Educação, Jussara Luna, a volta será precedida de avaliações diagnósticas, cujo objetivo é medir os impactos da pandemia no processo de aprendizagem dos alunos. “A partir do resultado dessas avaliações, iremos fazer as intervenções através de reforço escolar”, afirmou, acrescentando que o município deve divulgar, em breve, um plano detalhado com todas as fases da volta presencial das atividades, que assim como nas outras cidades do crajubar, deve acontecer de forma progressiva.

 

                          O POVO