Páginas

Facebook

sexta-feira, 1 de outubro de 2021

AMCOESTE Associação Dos Municípios Do Cariri Oeste, Precisa Trabalhar Mais Pelo Desenvolvimento Regional E Buscar Conquistas Junto Aos Governos Estadual E Federal.

 





Após um período Extinta e Recriada recentemente com o papel de buscar o avanço dos municípios da região do Cariri Oeste,  a Amcoeste Associação dos Municípios do Cariri Oeste, que tem a frente o jovem Prefeito de Nova Olinda Ítalo Brito Alencar, ainda não assumiu a sua ação em defesa dos municípios   tanto nas esferas dos governos estadual e federal para projetar o seu desenvolvimento Regional. 

 Iniciativas como a realização de seminários regional envolvendo a sociedade civil entidades de classes, e poderes constituídos e a imprensa,  para discutir assuntos que estão afligindo os mais de 183 mil habitantes que residem no Cariri Oeste, ainda não se quer aconteceu. Os problemas que afligem e dominam a sociedade regional ainda persistem sem soluções como a Insegurança publica, a crise Hídrica, a geração do emprego e renda, a melhoria na saúde publica, melhor qualidade educacional, além de outras demandas, que o povo tanto espera mas que infelizmente ainda não chegam para melhoria de vida dos seus munícipes.

 ao passo, que tudo isso já se poderia começar a ser cobrado aos governos estadual e Federal, mas sem o individualismo e sim pensando sempre em um projeto macro regional, é preciso a região do Cariri Oeste, tão esquecida mostrar força e cobrar dos seus representantes o compromisso de trabalhar para trazer essas conquistas mencionadas, e tudo isso é possível quando se tem um união e não uma divisão.

 A entidade, precisa acordar e despertar para esses fatos e pelo menos a cada mês, fazer reuniões itinerantes nos municípios que fazem parte dela para melhor conhecer a real necessidade do povo, procurando sempre não somente centralizar decisões e discursões a classe política,  mas ouvindo mais o povo simples, que são realmente aqueles que sofrem de forma angustiadas os problemas e não tem a quem dar o seu grito pelo direito sagrado que constitucional os tem direito.