Páginas

Facebook

sábado, 4 de setembro de 2021

Quatro mulheres representam o Ceará nas Competições Senac de Educação Profissional 2021.

 



Letícia Vitória Paulino de Sousa, Marília Bayma de Mesquita Bezerra, Natécia da Silva e Valeria dos Santos vão representar o Ceará nas Competições Senac de Educação Profissional, de 04 a 31 de outubro, no Hotel Escola do Senac na Ilha do Boi, em Vitória (ES). O torneio testa as habilidades e conhecimentos de seus estudantes em todo o Brasil. Os ganhadores concorrem a uma vaga para representar o país no WorldSkills, que acontecerá em Shanghai (China), em 2022. 


As quatro jovens garantiram suas vagas na etapa nacional em seletivas estaduais e hoje treinam oito horas por dia, de segunda a sexta-feira, para se preparar para as provas. Letícia competirá na ocupação Serviço de Restaurante e está sendo treinada pelo instrutor Manuel Oliveira de Lima. Marília, por sua vez, está sob a tutela do instrutor e chef Matheus Vieira para representar o Ceará na ocupação Cozinha.


O instrutor do Crato, Raysson Dias, que já conquistou a medalha de prata na ocupação Cabeleireiro na Etapa Nacional da Olimpíada do Conhecimento, realizada no Rio de Janeiro (RJ), em 2010, está treinando a Valeria, que participa das competições na ocupação Cabeleireiro. Outra medalhista atua como treinadora esse ano: Sara Ariane, que foi ouro na ocupação Estética e Bem-Estar na Etapa Nacional da Olimpíada do Conhecimento, realizada em Belo Horizonte (MG), em 2014, compartilha seus conhecimentos com Natecia Silva, que compete na ocupação Estética e Bem-Estar. 


As Competições Senac de Educação Profissional, iniciativa do Departamento Nacional, são uma porta de entrada para o mercado de trabalho. As provas são realizadas em ambientes preparados para simular condições reais do dia a dia de cada ocupação. Os participantes são desafiados a resolver situações de trabalho específicas de suas áreas de atuação, estimulando visão ampla dos processos e comprometimento com a qualidade. 

Além disso, as Competições identificam talentos aptos a participar do processo de preparação de representantes do Brasil na próxima WorldSkills, a mais importante competição internacional de educação profissional.


Para a Instituição, o evento garante maior intercâmbio e compartilhamento de experiências entre os Departamentos Regionais. Também favorece o aprimoramento do Modelo Pedagógico Senac, permitindo a disseminação e incorporação de novas técnicas por parte de docentes e equalizando os processos educacionais de todos os Departamentos Regionais com relação ao desenvolvimento e à avaliação por competências.

Em Vitória, jovens com menos de 21 anos de todo o país participam esse ano das provas. “Enquanto, na pandemia, cresce o número de jovens que não estudam nem trabalham, essas garotas mostram determinação, disciplina, força e motivação inigualáveis. Para quem faz o Senac, é a concretização da nossa missão, de educar para o mercado de trabalho. Para elas, significa a construção de uma carreira e de um futuro melhor”, afirma a Diretora Regional do Senac Ceará, Ana Cláudia Martins Maia Alencar. 


                        Roberto Moreira