Páginas

Facebook

quinta-feira, 2 de setembro de 2021

Entrega do Polo Metalmecânico em Tabuleiro do Norte expande hub logístico no Vale do Jaguaribe.

 


Polo Metalmecânico de Tabuleiro do Norte atrai investimentos e expande hub logístico no Vale do Jaguaribe (foto: Carlos Gibaja/governo do Ceará)

Polo Metalmecânico de Tabuleiro do Norte atrai investimentos e expande hub logístico no Vale do Jaguaribe (foto: Carlos Gibaja/governo do Ceará)


Tabuleiro do Norte, a cerca de 200 km de Fortaleza, será novo entreposto do fluxo de cargas na região do Vale do Jaguaribe, interior do Ceará. A incorporação da cidade no hub logístico do Estado ocorre por meio da entrega da infraestrutura do Polo Metalmecânico localizado nos limites da cidade, no entroncamento da BR-116 com a BR-437, realizada na manhã desta quinta-feira, 2 de setembro.

O equipamento tem como foco intensificar a dinamicidade no fluxo de cargas no interior do Estado e atrair investimentos para o município e cidades vizinhas. A obra foi executada pela Secretaria das Cidades por meio de financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). 

A construção tem um área total de 136 mil m² e orçamento inicial estimado em R$ 9,2 milhões. As obras iniciaram ainda em setembro de 2018 e tinham previsão de serem concluídas em março de 2019 conforme anúncio feito pelo Estado no início da construção. 

Neste primeiro momento, foram entregues 18 hectares do total de cerca de 86 previstos para construção da prédios de infraestrutura do Polo. O início das operações se dará apenas com as unidades básicas necessárias para o funcionamento e a medida que empresas forem se instalando no empreendimento, serão implementadas as novas construções. 

Com a finalização, o equipamento contará com gerenciamento da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece) que terá como principal objetivo prospectar, atrair, intermediar e promover a instalação de novos negócios e empreendimentos.

Conforme Governo Estadual, o Polo tem como meta "se consolidar como entreposto logístico, centralizando todas as demandas geradas pelo alto fluxo de caminhoneiros na região do Vale do Jaguaribe". Além disso concentrará iniciativas de assistência aos serviços automotivos de carga pesada e a produção industrial do setor.

Na entrega do Polo, o titular da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho do Ceará (Sedet), Maia Jr, destacou que o equipamento atuará como uma "vitrine" do potencial de desenvolvimento do Vale do Jaguaribe, implementando atrativos para investidores de diversos setores econômicos. 

"Podemos aqui desenvolver muitas atividades econômicas, principalmente a metalmecânico, mas temos aqui um polo fortíssimo de fruticultura irrigada e toda uma rede de atividades já consolidadas na região", afirma Maia Jr. O secretário pontua ainda que o Estado já está em processo avançado de negociação para instalação de uma nova cimenteira no Vale. A empresa, com sede em São Paulo, apresenta interesse em instalar uma indústria no Ceará. 

A implementação do Complexo Solar Alex para abastecer empreendimentos que se instalarem na região, bem como a intensificação do projeto Ceará Grãos, que mantém ativos 1,6 mil hectares plantados de algodão na região do Vale do Jaguaribe, são os próximos investimentos de destaque para região, conforme antecipa o secretário. 

"Possibilitará em paralelo o ressurgimento da nossa indústria têxtil e de confecções que já foi a mais forte do país, o Polo será uma vitrine de tudo que será produzido na região, de todo potencial de desenvolvimento", pontua Maia.

Em resposta, o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), destacou que apoiará toda e qualquer decisão do secretário, inclusive com a liberação de verba necessária para "atrair as empresas o mais rápido possível para cá". Camilo pontuou que o objetivo é transformar o polo no centro referencial do setor no Norte e Nordeste do País. 

Ainda em 2018, planejava-se utilizar o Polo como um conglomerado de serviços de apoio para a fabricação de insumos do setor de transporte de cargas, como peças, ferramentas, máquinas, além de atrair negócio relacionados aos setores produtivos de toda região do Vale do Jaguaribe, com destaque para fruticultura, extrativismo, laticínio, apicultura e piscicultura.

No projeto do polo está previsto estacionamento para 300 caminhões, serviços de pousadas e instalação de órgãos ligados ao setor de veículos, como Departamento Estadual de Trânsito (Detran-CE) e Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). 

Entre as autoridades presentes na entrega estão o governador do Estado, Camilo Santana (PT) e representantes da Secretaria das Cidades, da Adece e Sedet.

A estrutura da obra contempla, além dos recursos básicos para funcionamento, um sistema viário, quadras loteadas para implantação de galpões de empreendimento de suporte a cadeia metalomecânica, possui áreas verdes, bloco administrativo, guarita e estacionamento para carros e caminhões.

                       o Povo