Páginas

Facebook

terça-feira, 3 de agosto de 2021

Senador da CPI acusa ministro Braga Netto de "espionagem"

 


Na imagem, senador Rogério Carvalho (PT-SE)

Na imagem, senador Rogério Carvalho (PT-SE)

PEDRO FRANÇA/AGÊNCIA SENADO - 30.06.2021

O senador Rogério Carvalho (PT-SE) acusou nesta terça-feira (3) o ministro da Defesa, Braga Netto, de espionagem e contou que ele enviou emissários ao seu Estado para “bisbilhotar” a vida do parlamentar.

“Eu quero informar que eu fui surpreendido na semana passada quando fui convidado por um amigo para uma conversa. Ele relatou que recebeu um coronel do Exército da reserva com um oficial da ativa que foram ao meu Estado para bisbilhotar a minha vida, para saber o que é que podia ter para usar contra mim”, afirmou.

“Eu quero dizer ao senhor Braga Netto, que foi o emissário do oficial do Exército para fazer espionagem contra um parlamentar, um senador da República, que eu não tenho medo. Não abrirei mão das minhas convicções, que eu entrego a minha vida pela causa que eu defendo, que ninguém vai me intimidar”, completou.

As declarações foram dadas pelo senador na sessão desta terça-feira (3) da CPI da Covid. “Essa CPI não se curva a ameaças autoritárias de um tempo que achávamos que já tínhamos superado. Portanto, quero fazer essa denúncia publicamente para não deixar guardado. A gente sabe a origem, quem é por trás, é o ex-ministro da Casa Civil e hoje ministro da Defesa, que não está ali para defender partido político, posição ideológica, mas para defender a Constituição e não está autorizado a bisbilhotar a vida de nenhum parlamentar”, disse.

A reportagem busca contato com o ministro. O espaço está aberto para manifestação.

                                      R7