Páginas

Facebook

terça-feira, 10 de agosto de 2021

SAAEC COMEMORA 58 ANOS DE CRIAÇÃO NESTE DIA 10 DE AGOSTO, EM CRATO.

 


A história da companhia é marcada por pioneirismo e conquistas importantes para o município

Nesta terça-feira, 10, a Sociedade Anônima de Água e Esgoto do Crato (SAAEC) celebra 58 anos de sua criação. A sua história é marcada por pioneirismo e conquistas importantes para a população, a principal delas é a universalização da água no município. Atualmente, são mais de 90% dos lares com água potável, levando mais qualidade de vida para os cratenses.

O Crato foi um dos primeiros municípios do Ceará a implantar o sistema de abastecimento de água. Os primeiros relatos de abastecimento no Crato começaram com os vendedores que subiam ao pé-da-serra para captar a água e distribuir a população através das ancoretas dos jumentos. Depois, foram construídas levadas, da fonte à rua principal da cidade, com todo cuidado no aspecto qualitativo, que passava nos fundos das casas. E, finalmente, 1963 é fundada a empresa cratense.

Desde então, a SAAEC vem exercendo um papel primordial de levar água potável para as residências cratenses e todos os benefícios que este feito representa na saúde pública. Somada ás diversas outras políticas públicas, o acesso água de qualidade promove saúde e bem-estar da população, e hoje o Crato é o município com o 3º melhor IDH do Ceará.

Superado o desafio de levar água para todos, a SAAEC agora trabalha firmemente na modernização da sua gestão e também para a universalização do esgotamento sanitário. "Há cinco anos nós assumimos, a convite do prefeito Zé Ailton, a presidência da SAAEC, e assim, a confiança que ele nos depositou e a forma de administrar nos traz muito orgulho de ter modificado muito algumas questões da companhia. Dar um salto, na modernização, na automação, de gestão das caixas d'água e de distribuição de água e melhorar esse serviço nos dois aspectos, tanto no aspecto de oferta hídrica quanto qualitativa também, quando passamos a ter mais análise na cloração da rede, mais rigor; atingindo, hoje, quase que a universalização da água na cidade. Poucas cidades do Ceará atingiram esse percentual, previsto no marco regulatório de 2033", comenta Yarley Brito, presidente da companhia.