Páginas

Facebook

sábado, 14 de agosto de 2021

COMISSÃO DA 2ª EDIÇÃO DO PRÊMIO PROTETORA DA CAATINGA, IRÃO A CAPITAL DO ESTADO DO CEARÁ PARA UMA SÉRIE DE ENCONTROS EM PROL DO ÊXITO DO MAGNO EVENTO, EM PROL DOS QUE DEFENDEM O BIOMA CAATINGA NO SEMIÁRIDO NORDESTINO.

 



A Comissão do PRÊMIO PROTETOR DA CAATINGA - 2ª EDIÇÃO, estará se deslocando para Fortaleza, Capital do Ceará, para uma série de encontros com autoridades estaduais, industriais, empresários, professores, ambientalistas, profissionais de diversas áreas que figuram na Constelação das Estrelas que serão homenageadas e com a grande mídia.
O evento está previsto para dia 15 de Dezembro de 2021, às 15h, na Assembleia Legislativa do Ceará, na opinião dos organizadores será o maior de todos os eventos pela importância do tema e das personalidades que serão agraciadas todas comprometidas com a "sustentabilidade ambiental da Caatinga".  
A grande surpresa nesta 2ª Edição será a presença da ESCOLA DE MÚSICA FEITOSA, prestigiará o evento e seu maestro, esta COLMEIA DA CULTURA DA MÚSICA POPULAR sediada na Região dos Inhamuns, estará na Assembléia Legislativa do Ceará - A CASA DO POVO CEARENSE, mostrando o que faz, se curvará ao talento do PEDRINHO FEITOSA - "O Príncipe da Sanfona dos Inhamuns", um dos HOMENAGEADOS em reconhecimento aos relevantes serviços prestados à música popular nordestina, sempre tendo a preocupação com a preservação ambiental, marca que traz no sangue.
Os PATROCINADORES do evento o blog Amaury de Alencar e o site Matheus Repórter Cariri acompanharão a comitiva, divulgando em tempo real a cruzada vitoriosa que a comissão terá em Fortaleza.
O ambientalista Jorge de Moura, considerado um dos grandes nomes da atualidade em prol da sustentabilidade do Bioma Caatinga, se mostra otimista e feliz com a iniciativa de ambos meios de comunicação de massa sediada na Região dos Cariri. O jornalista Amaury de Alencar foi feliz com sua decisão em homenagear os que trabalham em prol da VIDA, da SUSTENTABILIDADE e da EDUCAÇÃO AMBIENTAL em prol do Bioma Caatinga, único e eminentemente brasileiro, apenas elogios, homenagens se faz em vida, é meu ponto de vista, o blog e o site cravam seus nomes nos anais da História Ambiental do Semiárido Nordestino, finaliza o ambientalista