Páginas

Facebook

terça-feira, 3 de agosto de 2021

Com roteiro 100% nordestino, Rally dos Sertões deste ano tem piloto representando o Ceará na disputa.

 



Começou a contagem regressiva para o maior rally das Américas: o Rally dos Sertões 2021, que este ano chega com um roteiro 100% nordestino. A 29ª edição do Rally acontecerá entre os dias 12 e 22 de agosto, com largada na Praia de Pipa (RN) e com destino a Praia dos Carneiros (PE). 


O roteiro, que inclui 7 dos 9 estados do Nordeste (RN, PB, PE, PI, BA, AL e CE), terá piloto cearense na disputa. André Bezerra, atual campeão brasileiro Rally Cross Country, na categoria Moto Brasil, segue como único representante do Ceará na busca do primeiro lugar na categoria Over45. 

Na edição deste ano, serão 10 dias de prova, divididos em prólogo + 9 etapas em cenários mistos de litoral e sertão; terreno e clima bastante conhecidos pelo nosso cearense, que aposta na familiaridade do roteiro para se destacar entre os demais competidores. “Embora o percurso seja mais longo e intenso, com 9 dias de prova, o fator clima não deixa de ser uma vantagem para os competidores nordestinos, já que estamos acostumados com altas temperaturas, diferente dos pilotos do sul e sudeste”, acredita André. 

Outra vantagem deste ano para o piloto foi a aquisição de uma nova moto. Agora com uma WR450 da Yamaha, André Bezerra chega confiante para elevar o nível como competidor na competição deste ano. No Rally dos Sertões do ano passado, o piloto chamou atenção ao competir com uma Honda Tornado XR250, sendo chamado inclusive de “entregador de aplicativo” por colegas. Mesmo com as limitações do veículo, principalmente na suspensão, o piloto ainda conquistou o 3º lugar na categoria Moto Rally Brasil e o primeiro lugar no Campeonato Brasileiro Rally Cross Country. “A temporada deste ano tem sido intensa com muito treino físico, estudo de terrenos, idas e vindas na oficina preparando a moto. Eu e minha equipe estamos confiantes e focados no lugar mais alto do pódio”.   


A organização do Sertões manterá os protocolos de segurança contra a Covid-19, semelhante ao evento de novembro de 2020, que aconteceu mesmo diante da pandemia. A diferença deste ano com relação ao ano passado, será a presença do público, já que o evento será em formato semi-bolha, garantindo o acesso controlado do público local. “A presença da torcida é uma motivação a mais para o piloto que se sente ainda mais impulsionado ao saber do público de casa e em terra. É uma turbina extra para a gente”, comemora ele. 


                                             Roberto Moreira