Páginas

Facebook

quarta-feira, 25 de agosto de 2021

Artur Bruno destaca “Brasil Verde” em meio à falta de articulação do Governo Federal.

 



Bruno lamenta a falta de gestão da pasta do Meio Ambiente no Governo Jair Bolsonaro. Foto: Divulgação.













O secretário do Meio Ambiente do Ceará, Artur Bruno, destacou a criação do Consórcio Brasil Verde como uma articulação forte e necessária dos governadores brasileiros para que o Brasil volte a priorizar a política ambiental.

Segundo ele, o Ministério do Meio Ambiente não tem se articulado junto aos estados, não apresenta recursos e está fragilizando as instituições ligadas à pasta.

Em reunião realizada segunda-feira (23), o Fórum de Governadores aprovou a criação do Brasil Verde, um consórcio que visa a articulação internacional dos estados e organiza as ações internas na área ambiental.

A proposta foi apresentada pelo governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, articulador do movimento Governadores pelo Clima, e aceita pelos demais chefes dos executivos estaduais.

O consórcio Brasil Verde vai buscar recursos para financiar bons projetos para redução das emissões e também na busca de projetos que incentivem a geração de energia renovável. O consórcio será gerenciado pelos estados e terá um fundo único para se apresentar de forma transparente às instituições internacionais e a outros países.

“O Brasil verde é uma articulação forte e necessária dos governadores brasileiros para que o Brasil volte a priorizar a política ambiental. Lamentavelmente, no Governo Bolsonaro, o Ministério do Meio Ambiente não tem se articulado com os estados, não tem recursos, muito pelo contrário, está fragilizando o Ibama, o ICMbio e fragilizando a visão internacional do Brasil”, apontou o gestor do Meio Ambiente do Ceará.

Segundo ele, os governadores entenderam a necessidade de priorizar as políticas de Meio Ambiente e com isso devem apresentar uma série de projetos comuns, trabalhando na busca de recursos internacionais visando ampliar as unidades de conservação, combater queimadas, desmatamentos e ajudando um ao outro na politica de Meio Ambiente, que como Bruno destacou “é prioritária” para o País.

Ainda na pauta do Meio Ambiente, o governador Camilo Santana respondeu, na segunda-feira (23), a uma mensagem publicada pelo perfil oficial da banda de rock britânica Coldplay. O grupo marcou o chefe do Executivo Estadual questionando se ele faria parte do evento Global Citizen Live, com compromissos de conservação e adaptação das políticas públicas para preservação do ecossistema.

Em Português, o petista disse que o Estado do Ceará “está 100% comprometido com as ações climáticas e na preservação do meio ambiente”. “Pode contar conosco nessa luta, que deve ser de todos. Nos vemos em setembro na Global Citizen Live”.


                 Jornalista Edison Silva