Páginas

Facebook

segunda-feira, 26 de julho de 2021

Prefeitura de Campos Sales inaugura nesta terça (27), O Casarão da Memória Bárbara de Alencar.

 







 



A Prefeitura de Campos Sales, e a secretaria de cultura, para assuntos turismo e lazer   inauguram nesta terça-feira, dia 27, com início previsto para ás 8 hs da manhã,  O Casarão da Memória Bárbara Pereira de Alencar, que homenageia a heroína nacional , quem tem seus restos mortais sepultada no município.

O equipamento, funcionará  na centenária casa Paroquial Nossa Senhora da Penha, onde funcionava a Secretaria de Assuntos para Juventude, Cultura, Lazer e Turismo, vai se dedicar a contar a história da revolucionária pernambucana e também do município cearense, e será prestigiada por autoridades municipais, historiadores, professores, entidades de classes e demais segmentos da população.

A inauguração faz parte dos festejos da semana do município e tem  o objetivo de além de preservar e incentivar o conhecimento sobre a  memória da própria heroína, o espaço também terá, ao todo, 15 salas, divididas em temas como a história da paróquia, política, artesanato, cultura popular, objetos raros, acervo de fotografias antigas da cidade.

Segundo a secretária de Cultura,  Elionete Leite Também foi resgatada a primeira pedra fundamental que sinalizava o túmulo de Bárbara de Alencar, homenagem antiga do Instituto Cultural do Cariri (ICC). “Todos esses bens serão tombados. Toda família que doar terá um cadastro junto ao Casarão da Memória”, adverte a secretária. 

               O prefeito João Luiz (PDT), disse ao Blog do Amaury Alencar, que a inauguração do memorial Barbara Pereira de Alencar, será um momento marcante para a história do município de Campos Sales, porque servira como um instrumento para que a população Camposssalense, além de outros municípios vizinhos e de outros Estados, venham a nossa cidade e conheça a real história da nossa heroína destacou ele. 

                  A reportagem do Blog do Amaury Alencar, fará nesta terça feira no município de Campos Sales, cobertura jornalística deste ato marcante. 


BARBARA DE ALENCAR 

Bárbara de Alencar nasceu em Exu, Pernambuco, na Fazenda Caiçara. Adolescente, Bárbara mudou-se para o Crato e casou-se com o comerciante português José Gonçalves dos Santos.

Bárbara de Alencar foi presa na revolução pernambucana de 1817  e foi considerada, legalmentemente, a primeira prisioneira política do Brasil.

Ela morreu em 1832, após peregrinações,  políticas na cidade piauiense de Fronteiras, e foi enterrada em Campos Sales, no Cariri Oeste. os restos mortais estão no distrito de Itaguá, e foram sepultados na capelinha da Igreja Matriz, constantemente recebe turistas, visitantes em busca de melhor conhecer a sua história.