Páginas

Facebook

quarta-feira, 28 de julho de 2021

Juazeiro do Norte: época de incêndios pode trazer riscos à população e à estátua do Padre Cícero.

 


Incêndio foi iniciado na Colina do Horto, no último sábado, 24, a 600 metros da estátua do Padre Cícero, em Juazeiro do Norte, Cariri (Foto: Anderson Duarte)
Incêndio foi iniciado na Colina do Horto, no último sábado, 24, a 600 metros da estátua do Padre Cícero, em Juazeiro do Norte, Cariri (Foto: Anderson Duarte)

A chegada do mês de agosto caracteriza a temporada mais seca do ano, onde os riscos de incêndios florestais aumentam. No último sábado, 24, ocorreu um incêndio na Colina do Horto, em Juazeiro do Norte, no entorno de um restaurante que fica a 600 metros de distância da estátua do Padre Cícero. De acordo com o Corpo de Bombeiros da cidade, o fogo começou na parte de cima do terreno e continuou serra abaixo. Apesar de ninguém ter se ferido e nenhum imóvel ter sido atingido pelas chamas, não se pode descartar a possibilidade de futuros maiores incêndios na localidade.

Em entrevista à rádio CBN Cariri, o comandante do 5º Batalhão de Bombeiros de Juazeiro do Norte, tenente coronel Agnaldo Alexandre, disse que a ocorrência pode se repetir de maneira mais desastrosa. Ele afirma, ainda, que existe um alto risco de que as chamas possam atingir não somente as residências do Horto, mas a estátua do Padre Cícero também.

O risco de novos incêndios é grande. Somente no Horto, todo ano acontece. Um fator é o topográfico, onde se observa que é um local acidentado [desigual], de difícil acesso, então os riscos são muitos. Nós demos sorte dessa última vez, porque o fogo desceu, começou de cima para baixo. Mas quando ele pega no tronco do Horto, na subida com os ventos ao contrário, pode gerar um incêndio muito maior, de grandes proporções”, explica o comandante.

Embora as chamas geradas no último sábado aparentem ter iniciado mediante ação humana, de acordo com os bombeiros que agiram no local, características geográficas também favorecem o surgimento de focos de incêndio nessa época do ano. Baixa umidade do ar, vegetação seca e fortes ventos podem tornar uma simples faísca de fogo em um grande incêndio florestal.

No caso da Colina do Horto, onde o terreno é acidentado, as chamas podem se espalhar com mais rapidez, pondo em risco as pessoas que residem na localidade. Por conta disso, o comandante reforça que ações humanas que podem gerar fogo devem ser evitadas a todo custo.

Ele explica que evitar queimar lixos ou terrenos é fundamental. No entanto, os cuidados para evitar acidentes vão muito além; até uma simples bituca de cigarro pode ocasionar um incêndio.

“Da ponta de cigarro até crianças brincando de colocar fogo em algum material, tudo pode contribuir para ocasionar um incêndio. Então, o correto é a população, os pais, observarem as crianças para não brincarem com fogo, nem tampouco alguém limpar o terreno tocando fogo também”, completa Agnaldo.

(Com informações do repórter Guilherme Carvalho)

o Povo