Páginas

Facebook

quinta-feira, 1 de julho de 2021

GESTOR MUNICIPAL QUE TEM COMPROMISSO SOCIAL COM A CRIANÇA E O ADOLESCENTE, ADERE AO SELO UNICEF, ESSA É UMA QUESTÃO DE ATITUDE E DE DECISÃO POLÍTICA, E PACUJÁ ADERIU.

 





images%2B%25285%2529                          



Até o fechamento desta matéria, 162 municípios cearenses se inscreveram para participar de 2ª Edição do Selo UNICEF, a expectativa do UNICEF é que, 183 municípios do Ceará participem dessa corrida em prol da consolidação das Políticas Públicas em prol da Criança e do Adolescente, até o momento é este o quadro: 8 municípios faltando a assinatura de adesão e mais 13 em processo do preenchimento do cadastro.

O SELO UNICEF, é uma das mais potentes e importantes ferramentas para fortalecer as políticas públicas municipais voltadas para as crianças e seus adolescentes que vivem na Amazônia Legal e no Semiárido Brasileiro. 
Estão aptos a aderir ao Selo UNICEF 2.311 municípios de 18 Estado Brasileiros, sendo 9 da Amazônia Legal Brasileira (Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins) e 9 do Semiárido do Brasil (Alagoas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe), tais Estados juntos, somam mais de 20 milhões de Crianças Adolescentes, tais territórios são prioritários para o UNICEF no Brasil, neles estão as maiores concentrações de meninos e meninas em situação de vulnerabilidades e exclusão social, isto é, sem acesso a serviços básicos de saúde, educação, água e saneamento básico e alimentação adequada.
Nossa reportagem esteve com o Articulador Municipal do Selo UNICEF no Município de Pacujá, em Fortaleza, onde colhemos sua opinião sobre a importância do  Selo UNICEF - Edição 2021 - 2024, ele foi taxativo: "esta ação do UNICEF no Brasil chegou a tempo mudando radicalmente o pensar sobre os dois segmentos da população, é visível e notável os esforços dos municípios em assegurar os Direitos da Criança e do Adolescente além de trabalharem a melhoria da qualidade de vida deles. Um Município que trabalha o Selo UNICEF, vê tais políticas como prioridades e quando priorizam o mesmo, os resultados são impactantes como é o caso de Pacujá, que pela 1ª vez na sua história conquistou essa importante e cobiçada Certificação Internacional. É um trabalho realizado em PARCERIAS, teremos que ter jogo de cintura, diplomacia e conhecimentos sem essas qualidades, será humanamente impossível tal feito, temos um papel a desempenhar com responsabilidade, cabendo a cada setor envolvido, ter a mesma responsabilidade e compromisso com o município e com o seu crescimento social.
O prefeito Raimundo Filho assinou a ficha de adesão, sabe da importância desse trabalho e dessa conquista, brevemente haverá reunião com as secretarias municipais envolvidas e Órgãos apoiadores para conhecerem a nova metodologia do Selo UNICEF - Edição 2021 - 2024". Na qualidade de Articulador Municipal, desempenhei e desempenho tal função com zelo e responsabilidade por uma questão de compromisso com o município, com suas crianças, adolescentes e seu povo. Sem essa premissa, será melhor nem aceitar o desafio. Diz o ambientalista Jorge de Moura, que se saiu vitorioso como Articulador Municipal na conquista do Selo UNICEF - Edição 2016 - 2020, com os demais parceiros e tem a responsabilidade doravante de conquistar mais uma vez tal feito.