Páginas

Facebook

quarta-feira, 7 de julho de 2021

Camilo Santana quer concluir diálogo com todos os prefeitos cearenses ainda neste mês.

 






Camilo-Santana-570x338

O governador do Ceará voltou a realizar “live” semanal pelas redes sociais. Foto: Reprodução/Facebook.



O governador Camilo Santana voltou a realizar a transmissão semanal ao vivo pelas redes sociais, onde busca maior interação com a população cearense. Durante a “live”, realizada nesta terça-feira (06), o chefe do Poder Executivo estadual destacou as ações do Governo no combate à pandemia e retorno das atividades econômicas.

Camilo destacou, ainda, que vem dialogando com todos os prefeitos cearenses, tendo conversado com ao menos 160 gestores municipais até o momento. De acordo com ele, os encontros visam debater as necessidades de cada Prefeitura, independente do posicionamento político de seus administradores.

“Temos tratado todos os assuntos que são prioridade dos municípios, independente de partido, de ideologia. Tenho recebido os prefeitos, individualmente, e já conversamos com mais de 160. Vamos completar todos os 184 prefeitos ainda neste mês”, disse o governador.

Segundo Camilo, em breve serão anunciadas algumas “pactuações” para o povo cearense. Ele voltou a destacar que a Educação do Ceará tem se destacado em todo o País, mas ressaltou a necessidade de se discutir o tempo que precisa ser recuperado por conta da pandemia do coronavírus no Ceará.

Durante a “live”, Camilo Santana sancionou a Lei que versa sobre o pagamento, por parte do Governo, de taxa de inscrição dos alunos da rede pública de ensino no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A norma também valerá para aqueles que tenham concluído o ensino médio há pelo menos um ano.

Camilo Santana também apresentou informações sobre os concursos públicos em vigência no Estado, como na Polícia Civil, Pefoce, na área da Saúde e Sefaz. Segundo disse, o edital para processo seletivo da Polícia Militar deve ser lançado nos próximos dias. “São várias frentes de ações para gerar emprego. Praticamente 13 mil novos servidores com esses concursos. Esse é um dos eixos importantes”.


           Jornalista Edson Silva