Páginas

Facebook

segunda-feira, 28 de junho de 2021

Mestres da cultura do Ceará contam suas trajetórias em documentário sobre os Museus Orgânicos do Sesc.

 





Espedito%2BSeleiro%2B-%2Bcred%2BDavi%2BPinheiro%2B3_                       


Os museus orgânicos do Sesc, que reúnem registros e saberes dos mestres da cultura no Cariri, foram a inspiração da coleção Terra de Gigantes, do estilista Ronaldo Fraga, que abriu a 51ª edição do São Paulo Fashion Week no último dia 23. Agora, os museus serão mostrados de uma forma totalmente nova, através do documentário Museus Orgânicos, que será lançado pelo Sistema Fecomércio em live no canal do Sesc Ceará no Youtube nesta quarta-feira (30), às 20h. 

 

Participam do evento o presidente do Sistema Fecomércio Ceará, Luiz Gastão Bittencourt; o secretário de cultura do Estado do Ceará, Fabiano Piúba; o gerente de cultura do Sesc Ceará, Alemberg Quindins, o estilista Ronaldo Fraga e o estilista e ex-aluno Senac David Lee. A live será mediada pela diretora da Fundação Casa Grande, Fabiana Barbosa.  

 

O documentário traz os depoimentos dos mestres, que contam de forma emocionante suas trajetórias enquanto guardiões das tradições e saberes de uma das regiões de maior riqueza cultural no Brasil. A obra mostra do Memorial do Homem Kariri, na Fundação Casa Grande, até os registros do Museu Casa do Mestre Antônio Luiz, Museu Oficina do Mestre Françuili, Casa Museu do Mestre Nena, Museu Casa Oficina Mestra Dinha, Museu Casa da Mestre Zulene Galdino, Museu Casa dos Pássaros do Sertão e Museu Casa do Mestre Raimundo Aniceto. O filme também é uma homenagem in memoriam ao mestre, o mais velho dos irmãos Aniceto, que faleceu em outubro do ano passado, após mais de oito décadas de dedicação à arte popular. 

 

Com roteiro e direção da publicitária Raquel Barros, o documentário busca aproximar o público dessas figuras tão importantes para suas comunidades e para a cultura cearense de forma geral. O filme é narrado pela atriz Joana Limaverde, e traz trilha sonora original, criada e executada por músicos do Cariri, com a produção musical de Dudé Casado e do Estúdio Casa de Pedra. O documentário é um lançamento original da Fecoplay, plataforma de streaming do Sistema Fecomércio, onde ficará disponível gratuitamente após o lançamento. 

 

O presidente do Sistema Fecomércio Ceará, Luiz Gastão Bittencourt, reforça que a importância dos museus perpassa tanto questões culturais quanto econômicas, contribuindo não apenas para a preservação das tradições, mas também para o desenvolvimento das cidades da região. Além de resgatar a dignidade dos mestres, os Museus Orgânicos podem contribuir para que mais pessoas possam visitar o Cariri e conhecer de perto a história, o cotidiano, o ofício e a riqueza do trabalho desenvolvido por cada um.   

  

“Não deixa de ser o início de uma prospecção turística de museus e de saberes que podem ser incorporadas com palestras, shows e com outras coisas que, posteriormente, com o decorrer do tempo, eu tenho certeza, vão se associando. Nosso objetivo é que tudo se torne uma célula viva, como é o próprio museu. Ele é vivo porque retrata o dia a dia desses seus personagens”, finaliza Gastão.    

 

Alemberg Quindins, gerente de cultura do Sesc Ceará, considera que o lançamento é providencial para este momento, contribuindo para a visibilidade e a pesquisa sobre o projeto e esses espaços. Ele ressalta que, em 2020, os Museus Orgânicos, além de receberem o selo de Turismo Responsável pelo Ministério do Turismo Brasileiro, receberam o prêmio internacional Ibermuseus de Educação e o prêmio Delmiro Gouveia de economia criativa pela Fundação Joaquim Nabuco. “Assim vejo que o Programa de memória social e patrimônio do Sesc Ceará se alinha à agenda 2030 da UNESCO, trazendo inclusão e distribuição de renda com um conteúdo qualitativo em uma ação quantitativa”, completa.


A iniciativa do Sistema Fecomércio, através do Sesc, de lançar o documentário se soma também aos esforços para o reconhecimento da Chapada do Araripe como Patrimônio da Humanidade. Com esse objetivo, outros trabalhos já foram realizados, incluindo a realização do Seminário Internacional Chapada do Araripe Patrimônio da Humanidade e um abaixo-assinado.   

 

Projeto Museus Orgânicos  

 

Buscando fortalecer o vínculo entre o lugar onde as tradições criam raízes e as pessoas que transformam essas práticas em suas missões de vida, os Museus Orgânicos nascem nas casas dos mestres. Assim, as residências se enchem de fotografias, vestimentas, instrumentos e outros objetos e são abertas para visitação, mostrando ao público preciosidades do saber popular. O projeto dos Museus Orgânicos surgiu com o amadurecimento da parceria entre o Sesc e a Fundação Casa Grande, localizada na cidade de Nova Olinda, para o fortalecimento de uma rede formada por lugares de memória, sendo o Sesc um ativador desses espaços.  

  

Nascido com a finalidade de resgatar e preservar a história dos habitantes do vale do Cariri, o Memorial do Homem Kariri foi criado em 1992. O acervo foi doado pelos moradores e inclui memórias como peças líticas e cerâmicas, registros rupestres, fotografias, registros de lendas e mitos da região. Com o cuidado de manter os saberes vivos através das novas gerações, o trabalho de educação patrimonial realizado no espaço conta com a colaboração das crianças que participam da Fundação Casa Grande.    

  

O Museu do Ciclo do Couro, mais conhecido como Memorial Espedito Seleiro, surgiu em 2014. Dos pés dos vaqueiros às passarelas das principais semanas de moda do Brasil, além de filmes e novelas, a arte deste mestre de reconhecimento nacional passou por cinco gerações e se mostra cada dia mais atual. No entanto, ela considera que todo e qualquer trabalho é de igual importância. E é justamente por isso que a sua memória está hoje, cotidianamente, na sua oficina e no Museu do Couro, onde todos podem ver, conhecer e, claro, se inspirar.   

  

Da parceria do Sesc com a Fundação Casa Grande, já foram inaugurados mais sete Museus Orgânicos. A ideia é que, ao final do projeto, a região conte com 16 museus no total, que, juntos, vão ter a missão de preservar nossa cultura, cada vez mais expressiva, além de contribuir para o fomento do turismo social.   

  

 

SERVIÇO 

 

Live do documentário Museus Orgânicos 

Dia 30/06 

Às 20h 

No canal do Sesc Ceará no Youtube  

Mais informações: www.sesc-ce.com.br/museusorganicos/