Páginas

Facebook

sexta-feira, 4 de junho de 2021

Dom Gilberto: Jesus se faz Corpo e Sangue para sustentar a vida humana.

 

“Cristo, Pão dos Pobres, juntos nessa mesa, pois a Eucaristia faz a Igreja”. Com este hino ressoou no interior da Sé Catedral de Crato o louvor e alegria da solenidade de Corpus Christi na tarde desta quinta-feira, 3 de junho. Neste dia a Igreja celebra a Eucaristia e a leva de forma solene anunciando publicamente que “Jesus se faz Corpo e Sangue para sustentar a vida humana”, segundo a exortação de Dom Gilberto Pastana na homilia. Por isso, a festa de hoje não deve ser tomada como um “feriado civil”, porque “é um dia santo de guarda, é a festa da Ceia do Senhor”. “Devemos compreender nela o significado do sacrifício de Cristo”, reforçou o bispo.

A santa missa foi concelebrada pelo cura da Sé Catedral, Padre José Vicente Pinto, e o vigário paroquial, Padre Francisco José Bezerra. Depois, Jesus Eucaristia saiu em procissão solene – de forma motorizada para evitar aglomerações e a transmissão do novo coronavírus – percorrendo dez ruas do Centro de Crato, com três paradas para a bênção do Santíssimo: na Capela de Santa Teresa de Jesus, na Igreja Matriz de São Francisco de Assis e no Santuário Eucarístico Diocesano.

Nas calçadas de suas casas, onde vivem, se alegram e choram, os fiéis acompanharam o trajeto acenando, rezando e cantando a Jesus Hóstia Santa, a Quem recorrem na esperança de dias melhores para todos.

Confira alguns registros da celebração eucarística:

E da procissão motorizada:

<< Na Igreja Matriz de São Francisco, jovens confeccionaram tapetes para o trajeto do Santíssimo. Em um deles, manifestaram gratidão a Dom Gilberto, então bispo diocesano e recém-nomeado arcebispo de São Luís (MA) >>

Por: Patrícia Mirelly e Mychelle Santos/Assessoria de Comunicação