Páginas

Facebook

sexta-feira, 4 de junho de 2021

Camilo Santana faz reunião nesta sexta para definir novo decreto e se reabertura avançará.

 

1_foto_camilo_santana_210521_com_dr_cabeto_e_com_izolda_cela-15869726
Camilo Santana participa da reunião virtual do comitê de enfrentamento à covid, ao lado do secretário Dr. Cabeto e da vice-governadora Izolda Cela (Foto: DIVULGAÇÃO)

O governador Camilo Santana (PT) se reunirá hoje, 4, para discutir a flexibilização econômica no Ceará. Decisão é feita com Comitê de Enfrentamento e Prevenção à Covid-19. O último decreto, anunciado no dia 28, não teve mudanças significativas na Capital, com mudanças apenas nas regiões do Sertão Central e Litoral Leste/Jaguaribe.

Dentre as expectativas do pronunciamento de hoje, bares e restaurantes pleitam o funcionamento até as 23 horas. A avaliação dos empresários do comércio varejista é de que seria importante reabrir cinemas e teatros, segundo Assis Cavalcante, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Fortaleza.

As regras do antigo decreto são válidas até o próximo domingo, 6. Na data, inclusive, inicia-se a vacinação contra a Covid-19 no público geral em Fortaleza. Inicialmente, serão agendadas pessoas entre 59 a 55 anos. A demanda do público alvo diminuirá de acordo com a idade dos agendados.

Segundo dados do IntegraSUS, um total de 819.014 casos de coronavírus foram confirmados no Ceará. Outras 20.851 morreram devido a doença. Os dados foram atualizados na manhã de hoje, 4, às 10h50min. A taxa de ocupação das UTIs cearenses é de 87,65% e das enfermarias é de 62,32%.

Um total de 2.443.381 cadastros foram realizados na plataforma Saúde Digital até hoje. O site do Governo do Ceará busca reunir os dados para vacinação contra a Covid-19.

Veja os horários das principais atividades em vigor na cidade de Fortaleza:

Comércio de rua: das 10h às 19h, de segunda-feira a domingo

Comércio em shopping: das 12h às 21h, com 50% de capacidade

Restaurantes: das 10h às 21h, com capacidade de até 50%

Academias: até as 21h, respeitando o limite de 25% da capacidade total

Atividades religiosas: até as 21h, a capacidade permitida para os templos religiosos é de 25%

Poderão ser realizados concursos e seleção públicas destinadas ao preenchimento de cargos ou funções no serviço público.

Cursos do Ensino Superior estão liberados para a realização de aulas práticas, desde que inviáveis pela modalidade remota. Também estão liberadas as atividades extracurriculares, tais como cursos livres, de música ou de línguas.

O funcionamento de escolinhas de esporte, inclusive em “areninhas”, também está permitido. Aulas presenciais estão liberadas a todas as séries do Ensino Fundamental, observada a limitação de 40% da capacidade de alunos por sala.

Decretos na 2ª onda no Ceará

2º lockdown: o isolamento rígido em Fortaleza começou em 5 de março de 2021. No dia 13, decreto estadual estendeu as medidas para todo o Estado.

12 de abril: no dia 4 de abril, Camilo Santana anunciou o início da flexibilização no Ceará para o dia 12 de abril. Com a reabertura, foram permitidas algumas atividades de serviço e comércio em horários reduzidos, toque de recolher de segunda à sexta-feira e lockdown aos fins de semana. 

17 de abril: decreto anterior foi mantido, com liberação de atividades físicas individuais em espaços públicos.

23 de abril: flexibilização avança com liberações para escolas, igrejas, templos. barracas de praia e academias de ginástica. Lockdown continua aos sábados e domingos.

30 de abril: Camilo anuncia flexibilização aos sábados e domingos, com autorização para funcionamento de comércio e restaurantes. Na semana, as regras seguem as mesmas.

7 de maio: após quatro semanas de flexibilização, o Ceará não avança na reabertura, mantendo as medidas em vigor. Dois indicadores acenderam sinal de alerta: alto patamar de internações e aumento na positividade de exames

14 de maio: Região de Fortaleza e de Sobral avançam na flexibilização, com ampliação do horário de funcionamento das atividades comerciais. Cariri, Sertão Central e Litoral Leste/Jaguaribe continuam com as mesmas restrições.

22 de maio: decreto anterior é prorrogado mantendo ampliação Fortaleza e de Sobral e medidas mais rígidas nas outras três regiões do Estado

29 de maio: decreto amplia flexibilização no Sertão Central e Litoral Leste/Jaguaribe, que passam à mesma situação de Fortaleza e Sobral. Cariri mantém restrições

          o povo