Páginas

Facebook

quarta-feira, 19 de maio de 2021

Câmara Municipal de Iguatu revoga título de cidadão iguatuense dado a Bolsonaro.

 















A informação foi confirmada pelo vereador Pedro Uchôa (PSB) - Apenas Rubenildo Cadeira (Republicanos), autor do projeto e vice-presidente da Câmara, votou contra a revogação

Presidente da República, Jair Bolsonaro

A Câmara Municipal de Iguatu revogou nesta terça-feira, 18, o título de cidadão iguatuense ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A informação foi confirmada pelo vereador Pedro Uchôa (PSB). Apenas Rubenildo Cadeira (Republicanos), autor do projeto e vice-presidente da Câmara, votou contra a revogação.
O projeto de Rubenildo foi aprovado em 4 de maio último. Bandeira Júnior (PSD) foi um dos parlamentares que se arrependeram do voto em favor. Ele afirmou nas redes sociais, naquele mesmo dia, que iria protocolar um requerimento para que a mesa diretora da Câmara pudesse deliberar em plenário o pedido de revogação dos votos.
Segundo Rubenildo, a decisão em apresentar o projeto foi motivada pela crença no governo do presidente, no sentido do “combate à corrupção, desemprego, miséria, sendo ainda sempre um defensor da família”. “Mesmo que alguns pontos eu tenha minhas divergências em suas ações ou falas, porém, a minha opção foi de ver a sua atuação em todos os sentidos das suas propostas de campanha”.