terça-feira, 20 de abril de 2021

PACUJÁ : O TRABALHO EM PROL DO MEIO AMBIENTE QUE DESEMBOCA NA SUSTENTABILIDADE DO BIOMA CAATINGA NO MUNICÍPIO DE PACUJÁ, A NATUREZA PARECE DAR O SEU RECADO, ATRAVÉS DO REFLEXO MÁGICO COMO AGRADECIMENTO, ABENÇOANDO A CIDADE COM AS CONSTANTES CHUVAS, REGANDO AS ÁRVORES COMO AGRADECIMENTO.

 










                               

Graças a implantação no Município de Pacujá do PROJETO JOVENS AMBIENTALISTAS há 3 anos e 5 meses, que a municipalidade vem tendo visibilidade nas ações ambientais, o trabalho executado repercute além fronteiras a ponto de deixarem autoridades, especialistas em questões ambientais, pesquisadores, ambientalistas e entendidos no assunto, maravilhados com os resultados positivos alcançados, refletindo sobremaneira na Região Norte do Ceará.
O projeto é composto na sua totalidade por CRIANÇAS e ADOLESCENTES da rede municipal de ensino das EEF CORIOLANO ALVES DE BRITO (a 1ª que abraçou a causa), EEF JOÃO LOPES DE MATOS, EEF WALFRIDO SALMITO (zona rural) e EEF SÃO JOÃO BATISTA responsáveis pela radical mudança de cultura em relação ao Meio Ambiente.
Tais ATORES, participam ativamente das ações da Educação Ambiental com forte participação em campanhas educativas, plantação de Árvores Nativas e Frutíferas além de colaborarem com o trabalho de sensibilização em benefício do verde no município.
Hoje é possível ver os resultados dessa ação benéfica para a NATUREZA contabilizadas nas 4 MANCHAS VERDES URBANAS nascidas na cidade de Pacujá onde as mudanças são radicais pela completa eliminação do NIM INDIANO nesses espaços de intervenção, que cedeu lugar para as ÁRVORES NATIVAS e FRUTÍFERAS como comprovam as imagens. Os integrantes do Projeto, participam ativamente do trabalho de embelezamento na cidade, as praças ganharam jardins  graças às habilidades das mãos desses estudantes, possuidores de espírito público e visão de futuro.
O Projeto Jovens Ambientalistas de Pacujá tem o irrestrito apoio da SEMA - Secretaria de Estado do Meio Ambiente e da Prefeitura Municipal, o mesmo nasceu para mudar consciências, consolidar as Políticas Públicas Ambientais e incrementar o gosto nas crianças e adolescentes quanto às atividades de cunho ambiental.
As escolas de rede pública municipal deram seu apoio assim como a Paróquia de São João Batista, hoje contabiliza sucesso em favor do Meio Ambiente, ganhou o BIOMA CAATINGA, sentencia o ambientalista Jorge de Moura que criou e coordena o referido projeto, exitoso e inovador que faz o DIFERENCIAL no Semiárido Nordestino. 

2 comentários:

  1. Parabéns pela Matéria jornalista.
    Pacujá-Ce lhe agradece.
    Seja bem feliz e bom trabalho.

    ResponderExcluir