segunda-feira, 19 de abril de 2021

Moradores de rua têm colchões queimados no viaduto da igreja no São Francisco em Sobral

 















Uma inesperada cena de ataque a pessoas em situação de rua chamou atenção de quem passou pelo centro de Sobral, na tarde deste domingo (18), quando vândalos de identidade desconhecidas atearam fogo em colchões e agasalhos que estavam empilhados embaixo do viaduto da igreja no São Francisco em Sobral, destino para muito dessas pessoas. Por sorte ninguém saiu machucado, no momento não havia ninguém no local, foram apenas perdas materiais e danos ao prédio.

Numa ação rápida, equipes da Guarda Civil Municipal de Sobral (GCMS), que primeiro chegaram no local e controlaram o fogo que se alastrava, com risco de chegar ao interior do Santuário. Por sorte a Guarda Municipal tem capacitação em brigada de incêndio florestal com foco no controle do fogo e puderam colaborar quando foram acionados. Ninguém foi preso na ocorrência.

A barbárie mostra a faceta mais explicita do que poderá ocorrer com as pessoas em situação de rua na cidade de Sobral. A margem dos direitos mais básicos para garantir cidadania, serão alvos de preconceitos e violências, num claro sinal de tentativa de higienização da área central da cidade.

 
(Blog Célio Brito)

Nenhum comentário:

Postar um comentário