Páginas

Facebook

sexta-feira, 9 de abril de 2021

Conselheiro da OAB Ceará propõe instituição da Medalha Clayton Marinho

 














             


Após a morte do advogado criminalista Clayton Marinho, o Conselheiro Estadual, Luciano Daniel, propôs a instituição da Medalha Clayton Marinho da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Ceará. De acordo com a proposta, enviada ao presidente da Seccional Cearense, Erinaldo Dantas, na última terça-feira (6), a comenda deve ser concedida, anualmente, a um advogado e a uma advogada que se destaquem em suas atuações e atividades na defesa e na promoção da advocacia criminal.


O documento requer a imediata autuação no Conselho Pleno, a distribuição automática para um(a) Conselheiro(a) Relator(a), mediante sorteio eletrônico, a inclusão na pauta da sessão ordinária ou extraordinária seguinte para que seja aprovada, em prazo razoável, o inteiro teor da Proposição.


Para Luciano Daniel, a instituição da “Medalha Clayton Marinho” será uma medida concreta de permanente reconhecimento da grandeza e da importância do advogado Clayton Marinho para a advocacia cearense e para a história do Ceará. "O decano Francisco Clayton Pessoa de Queiroz Marinho sempre atuou com excelência e foi o grande patrono da advocacia criminal do nosso Estado, tendo alcançado sucesso em inúmeros e rumorosos casos em que atuou. Pautado na ética profissional e em refutada técnica nas suas atuações profissionais, Dr. Clayton, como era carinhosamente conhecido nos foros do Estado, além da advocacia privada, exerceu inúmeros cargos na administração pública. A trajetória de vida e atuação do advogado Clayton Marinho, sempre foi pautada na paixão pela advocacia e pelo exercício do direito de defesa, inerentes aos grandes patronos da advocacia criminal brasileira", lembrou.


O presidente da OAB Ceará, Erinaldo Dantas, reconhece o legado deixado por Clayton Marinho. “Nosso querido Clayton nos deixou fisicamente, mas os seus exemplos e ensinamentos sempre estarão presentes conosco. Um grande intelectual e consagrado na área criminal em todo o país. Que Deus possa confortar o coração de seus familiares e amigos”, afirmou.


De acordo com o requerimento apresentado, a “Medalha Clayton Marinho” será entregue na Conferência Estadual da Advocacia Cearense, podendo, em excepcional situação, ocorrer em outro local. No caso dos agraciados ou seus representantes residirem em local diferente daquele da entrega do Prêmio, correrão por conta do Conselho Estadual as despesas com deslocamento e hospedagem. Os agraciados serão escolhidos pela Diretoria do Conselho Seccional da OAB/CE. A “Medalha Clayton Marinho” será acompanhada de diploma cujos modelos serão definidos pela Presidência do Conselho Seccional. O Conselho Seccional incluirá, no seu orçamento anual, dotação para o atendimento das respectivas despesas.