sexta-feira, 23 de abril de 2021

AULA INAUGURAL ABRE FORMAÇÃO SOBRE "A LEI MARIA DA PENHA VAI ÀS ESCOLAS MUNICIPAIS DO CRATO"

 











A Prefeitura do Crato, por meio da Secretaria de Educação, realizou nesta quinta-feira (22), de forma remota, a aula inaugural da Formação de Professores: A Lei Maria da Penha nas Escolas Municipais do Crato.

O Projeto "A Lei Maria da Penha vai às Escolas Municipais do Crato" é fruto de uma parceria com a Universidade Regional do Cariri - URCA e OAB MULHER/CRATO e tem como objetivos conscientizar sobre a importância da Lei Maria da Penha e contribuir com a formação sobre as ações de prevenção e combate à violência contra a mulher.

O Prefeito Zé Ailton participou da aula e ressaltou a importância da concretização do projeto da formação para que esse conteúdo seja aplicado no município. "Essa conquista é fruto de uma luta em favor da democratização e da aplicação do conteúdo da Lei Maria da Penha nas Escolas, que coloca o município do Crato pioneiro em levar essa temática para as escolas", diz o prefeito.

Uma reunião bastante concorrida com mais de 100 participantes contou com a participação do Reitor da Universidade Regional do Cariri (URCA), Francisco só O' de Lima Júnior; professores da URCA; OAB Crato; Conselho da Mulher; CREDE 18; do secretário de Cultura, Amadeu de Freitas, autor da lei que implanta o ensino sobre a Lei Maria da Penha nas Escolas, em 2018, quando vereador em Crato; professoras e professores do município.

O diretor da OAB Crato, Reno Feitosa, destacou a importância desse encontro e frisou a necessidade urgente de se construir um processo civilizatório muito mais digno. "Vamos aproveitar a oportunidade para a construção de um novo modelo de cidadania. Vamos consolidar a igualdade entre homens e mulheres. Que a educação seja a porta de acesso à democracia".

A secretária de Educação do município, Germana Brito, comemorou a conquista do curso que irá transformar a educação do município com a formação de novos cidadãos. "A Educação do Crato ganha muito com a concretização desse grande projeto que levará a lei Maria da Penha às nossas escolas. Agradeço essa parceria com essas renomadas instituições e a todo o empenho dos servidores da Secretária de Educação", diz Germana.

O curso será desenvolvido de forma on line, com cinco módulos, que acontecerão mensalmente, e irá contemplar 50 Professores de Ciências Humanas do Ensino Fundamental II, com carga horária de 40 horas/aula.

Nenhum comentário:

Postar um comentário