Páginas

Facebook

segunda-feira, 19 de abril de 2021

Artista polonês que vive no Cariri recebe homenagem da Fundação Edson Queiroz em seus 90 anos

 





















                            

                              Foto  Divulgação 

A Fundação Edson Queiroz realizará nesta terça-feira (20), uma transmissão virtual em celebração aos 90 anos do artista polônes Maciej Babinski, que há 30 anos vive na cidade caririense de Várzea Alegre. A programação será exibida pelas redes sociais da Unifor e pela TV Unifor. Além da presença do artista, a live “Homenagem Babinski 90 anos” contará com a participação de diversas personalidades das artes ou que conhecem e admiram o artista, como Dodora Guimarães, presidente do Instituto Sérvulo Esmeraldo, o artista plástico Stênio Burgos, o Vice-Reitor de Extensão da Unifor, professor Randal Pompeu, a professora Adriana Helena, gestora do Acervo da Fundação Edson Queiroz, e o médico Drauzio Varella, entre outros.

Maciej Antoni Babinski nasceu em 20 de abril de 1931, em Varsóvia, Polônia. Dotado de um talento e de um desenho expressivo, o artista modernista começou a sua relação com a arte desde criança, onde aos oito anos de idade teve o seu primeiro contato com a aquarela.

Há 30 anos, o ilustrador e também professor vive na zona rural da cidade de Várzea Alegre, onde criou uma galeria de arte que mantém aberta à visitação. A Fundação Edson Queiroz tem em seu acervo uma obra de Babinski, intitulada Esperando Godot, um óleo sobre tela de 2000, e que participa de um dueto com Rubens Gerchman, na mostra “50 Duetos”, aberta em março no Espaço Cultural Unifor, em comemoração aos 50 anos da Fundação Edson Queiroz.


Obra de Babinski intitulada “Esperando Godot”, em exposição no Espaço Cultural Unifor na mostra “50 Duetos”. Foto: Ares Soares

Serviço

Homenagem Babinski 90 anos

Data: 20 de abril de 2021
Horário: 19h30
Transmissão: TV Unifor (canal 181 – NET e canal 14 – Multiplay) e YouTube
Instagram: @uniforcomunica
Facebook: facebook.com/Uniforoficial 

                                                              Badalo