segunda-feira, 22 de março de 2021

REUNIÃO DO MUNICÍPIO DE PACUJÁ PARA ALINHAR O MESMO PENSAMENTO E DISCUSSÃO TÉCNICA SOBRE A CRIAÇÃO DA "UNIDADE DE CONSERVAÇÃO DA SERRINHA" COM O ESTADO DO CEARÁ, NESTA PRÓXIMA 3ª FEIRA DE FORMA REMOTA.

 














DENTRO DAS AÇÕES alusivas a FESTA ANUAL DAS ÁRVORES - ÁRVORES NATIVAS DO CEARÁ EDIÇÃO 2021, a equipe técnica do Município de Pacujá pró UNIDADE DE CONSERVAÇÃO ESTADUAL DA SERRINHA, se reuniu hoje na Casa Paroquial, para avaliar o alinhamento da discussão com os Técnicos do Estado do Ceará na próxima 3ª Feira, passo decisivo e importante para a finalização do Projeto Técnico que será levado ao Secretário de Estado ARTUR BRUNO, que está sensível ao pleito do Município, que sonha com essa Unidade de Conservação Estadual. 
Pe. João Jesuíno Marques (Pároco da Igreja de São João Batista, é um ambientalista nato), Profª Rita Benjamin, Léo Carvalho é um jovem ambientalista e Coordenador do Turismo do Município, Profº Edson Pereira (ausente) e o ambientalista Jorge de Moura compõem a EQUIPE TÉCNICA DO MUNICÍPIO DE PACUJÁ.
ESTUDOS DE VÁRIAS ACADEMIAS APONTAM A NECESSIDADE DA CRIAÇÃO DESSA UNIDADE DE CONSERVAÇÃO. Debruçados numa tese de Mestrado de ADELMO BRAGA DA SILVA da UNIRIO/MAST-RJ, do ano de 2016, registrou a importância dessa área de grande interesse da geodiversidade e da biodiversidade que necessita urgente uma ação por parte do Estado. Na sua pesquisa de Mestrado, observou a "ausência do trabalho de sensibilização na escola", o que já estamos corrigindo, o Setor da Educação será parceiro nessa empreitada em favor do Bioma Caatinga e pela proteção integral da Serrinha, desse Tesouro Ambiental em solo pacujaense.
O mestrando observou e registrou em seu trabalho, a vocação da SERRINHA tanto no aspecto ambiental, como museológico, como educativo e como patrimonial de grande valia para o município, o qual poderá aproveitar esta importante ferramenta, para trabalhar a Educação Ambiental a nível municipal, Turismo Científico e o EcoTurismo. 
A SERRINHA É UM LABORATÓRIO, UM MUSEU E UMA UNIVERSIDADE A CÉU ABERTO graças ao seu acervo ambiental, geológico e paleontológico, estamos falando em CIÊNCIA e esta, poderá ser a responsável pela grande transformação do Município de Pacujá, uma LOCOMOTIVA DO PROGRESSO que mudará radicalmente para melhor a comunidade local.
O ambientalista Jorge de Moura adiantou, que todo os esforços a nível municipal serão em prol da UNIDADE DE CONSERVAÇÃO ESTADUAL DA SERRINHA, esse TESOURO AMBIENTAL não poderá ficar a mercê da sorte, e nós, que temos responsabilidade para com as atuais e futuras gerações não poderemos continuar no eterno blá, blá, blá e nada de ações. Estamos trabalhando com responsabilidade e olhando para o futuro, e será aqui, no Município de Pacujá, que serão mais uma vez, empregadas toda experiência adquirida por ocasião dos trabalhos exitosos executados através do PNMT - Programa Nacional de Municipalização do Turismo e do Projeto MATA BRANCA que me deram um espetacular horizonte em prol do Meio Ambiente e em defesa do Bioma Caatinga. Valeu a pena o árduo trabalho e a experiência acumulada para me, valem mais que títulos de doutorados. O Prefeito Raimundo Filho, tem consciência da importância desse trabalho para o município que ora governa. Finaliza Jorge de Moura.


                  



Nenhum comentário:

Postar um comentário