sábado, 13 de março de 2021

Primeira urna “Amor em Mechas” é implantada no La Plaza Shopping, em Juazeiro do Norte

 












Foto cedida ao Blog do Boa

Imagem Cedida ao Blog do Boa  



Na semana da mulher, inúmeras ações voltadas para o público feminino podem ser vistas. Contudo, além de homenagens, existem certos presentes que são verdadeiros atos de amor e empatia, de mulher para mulher. 

Dentre eles, temos a primeira urna do amor, instalada no Salão Belarus, do La Plaza Shopping, esta semana. Por meio dela, mulheres que perderam o cabelo ou até crianças, em consequência da luta contra o câncer, podem ter a oportunidade do resgate a autoestima. 

A iniciativa é resultado da ação conjunta entre o salão Belarus e o Instituto Amor em Mechas, que desde 2017 confecciona perucas para mulheres em tratamento contra a doença. 

A existência do amor em mechas depende de doações, nada é vendido, e até mesmo as perucas são distribuídas gratuitamente para crianças e mulheres que não podem comprar.

O percentual de mulheres com câncer no Brasil é preocupante. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), somente no ano de 2020, 316.280 mulheres são portadoras de algum tipo de neoplasia.  

Cânceres de mama, colón e reto, possuem maior incidência. Infelizmente em 2020, 110.344 mulheres tiveram suas vidas ceifadas em razão da doença. No entanto, dia após dia, centenas de mulheres continuam lutando bravamente por suas vidas. 

As reações do tratamento (quimioterapia/radioterapia) de combate as células neoplásicas, são duras. Náuseas, queimaduras de pele, vômitos, perca de peso e de pelos são comum.

Divulgação


Para as mulheres, entre as consequências mais dolorosas, está a queda de cabelo, afetando sobremaneira a auto estima. Com as perucas, isto pode ser amenizado, resgatando a beleza e o sorriso, tornando mais leve a batalha contra doença.

Para Mariluce Sousa, madrinha do projeto, março tem significado de luta e, por isso, ela está feliz em tornar mais acessíveis as doações de mechas. 

“É muito importante num espaço de salão a gente instalar uma urna. O Cariri é a região do Brasil que mais consegue doação de cabelo para confecção de perucas. São em média 100 perucas por ano que a gente doa, e todas feitas com a coleta de mechas. Não importa se a doação de cabelo vem de organizações sociais, hospitais, clínicas ou salão parceiro, como agora tem Belarus. Todo cabelo importa!”.

Para Izabel Torres, gerente do Salão Belarus, a parceria firmada com o Instituto Amor em Mechas é uma ação que transformara vidas. “Estamos incentivando a equipe do salão a desde já, orientar nossas clientes, da importância de doarem suas mechas. Até porque são apenas 15cm e de qualquer tipo de cabelo. Ou seja, todo mundo pode ajudar”, explica. 

Um mito a ser quebrado é o tamanho do cabelo, já que muitas mulheres acham que para doar mechas, é necessário possuir cabelo longo. 

O que não é verdade, pois o limite para doação é de 15 cm, tornando o ato possível para mulheres de cabelo mediano e até mesmo curto. Além disto, não importa se os fios passaram por processo químico. Toda mecha importa, assim como cada mulher que recebe e que doa. 

                                      

                                             Blog do Boa 

Nenhum comentário:

Postar um comentário