O coordenador do turismo do Município de Pacujá LÉO CARVALHO, está realizando um dos mais sérios e completos trabalho de levantamento do POTENCIAL TURÍSTICO DO MUNICÍPIO DE PACUJÁ, amparado em experiência técnicas, tendo assessoramento direto da SECRETARIA DO TURISMO DO CEARÁ - SETUR e do Monitor do Turismo/PNMT/OMT/EMBRATUR, ambientalista Jorge de Moura com larga experiência e conhecimento na área.
Com esse trabalho sério e técnico, o Município de Pacujá vai se credenciando para cumprir as exigências do Portaria nº 192, de 27 de Dezembro de 2018, que estabelece do Ministério do Turismo, que "estabelece critérios" para a atualização do MAPA DO TURISMO BRASILEIRO, instituído pela Portaria do referido Ministério de nº 313, de 3 de Dezembro de 2013.
NO seu relatório técnico, o coordenador do turismo LÉO CARVALHO, fez a juntada de farta documentação comprovando a existência do órgão do turismo, dotação orçamentária, trabalhou a criação do COMTUR - Conselho Municipal do Turismo do FUMTUR - Fundo Municipal do Turismo com orientações técnicas da SETUR, já entregue no Gabinete do Prefeito Municipal, o Prefeito RAIMUNDO FILHO, já está analisando para em seguida enviar à Câmara Municipal dos Vereadores para aprovação.
Uma das ações que vem causando impactos positivo no Município, na Região e no Estado é sem sombra de dúvidas o trabalho do INVENTÁRIO DA OFERTA TURÍSTICA, onde PACUJÁ ESTÁ SENDO REDESCOBERTO e a mais sensacional notícia é o registro e o cadastramento das CASA DE PEDRAS existentes, únicas e últimos remanescentes do gênero no perímetro rural do município de grande valor histórico que serviam como residência, construídas com PEDRAS cuja material é duríssimo na cor vermelha e marrom escura, rejuntadas com barros.
OUTRAS OBRAS ARQUITETÔNICAS HISTÓRICAS CHAMAM A ATENÇÃO ALÉM DAS CASAS DE PEDRAS, AS MURALHAS DE PEDRAS, SÃO OUTRAS ATRAÇÕES DE EXTREMA IMPORTÂNCIA.
Nesta próxima 4ª Feira, o coordenador do turismo de Pacujá visitará uma outra CASA DE PEDRA em excelente estado de conservação, na comunidade do SANHARÃO, onde encontra-se um açude próximo. Tais construções comprovam a existência de grande criação de gado na região.
A partir desse INVENTÁRIO que é um MARCO da atual administração municipal, PACUJÁ irá ocupar o seu lugar nos setores da cultura, história e turismo.
O vereador BRÁS BRITO, Presidente da Câmara dos Vereadores, se impressionou com a realidade do trabalho ora desenvolvido pelo jovem ambientalista LÉO CARVALHO, ele acompanhou o mesmo na Comunidade de LAGOA DO BARRO, onde encontra-se este Monumento Arquitetônico e lá também, está a CAIXA D'ÁGUA DE FERRO, de extrema importância para a consolidação do PACUJÁ COMO DESTINO TURÍSTICO DO CEARÁ. 
O coordenador lembrou que este é apenas o início do trabalho, a população precisa ser trabalhada e conscientizada quanto à importância do Setor do Turismo, hotéis, pousadas, restaurantes e bares precisarão se adequar às normas exigidas e para isso, CAPACITAÇÃO para melhorar o setor não faltarão, a SECRETARIA DO TURISMO DO CEARÁ - SETUR, estará lado a lado trabalhando com Pacujá.