segunda-feira, 22 de março de 2021

Levantamento aponta que 5,5 milhões de brasileiros não têm água tratada

 

















                                                  FOTO AGÊNCIA ENVOLVERDE 


Quase 35 milhões de brasileiros continuam sem serviços de água tratada, sendo 5,5 milhões nas 100 maiores cidades. O levantamento atualizado faz parte do novo Ranking de Saneamento, realizado pelo Instituto Trata Brasil em parceria com a GO Associados. Os dados foram obtidos por meio do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento de 2019 (SNIS). A publicação avalia os indicadores de acesso à água potável, coleta e tratamento dos esgotos nos 100 maiores municípios do país.


A pesquisa também mostra que 100 milhões de pessoas estão sem acesso à coleta de esgotos, sendo 21,7 milhões nesses maiores municípios. O Brasil ainda não trata metade dos esgotos que gera (49%), o que representa jogar na natureza, todos os dias, 5,3 mil piscinas olímpicas de esgotos sem tratamento. Nas 100 maiores cidades, em 2019, descartou-se um volume correspondente a 1,8 mil piscinas olímpicas diárias.

Nova Metodologia do Ranking

Como já é tradicional, o Trata Brasil e a GO Associados periodicamente consulta entidades do setor, autoridades, empresas operadoras e ONGs para aperfeiçoar a metodologia do Ranking. Desta vez, foram consultadas mais de 20 entidades em três meses de reuniões e consultas.

Entre os consultados tivemos também técnicos da ANA, Ministério do Desenvolvimento Regional e até do Ministério da Saúde. Com isso, esse Ranking incorpora nova metodologia, o que deve ser considerado na hora de comparar a colocação das cidades com anos anteriores.

O conteúdo pode ser visto no relatório completo disponível em www.tratabrasil.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário