quinta-feira, 25 de março de 2021

Ciro Gomes recebe solidariedade de 25 vereadores após ser alvo de investigações por crítica a Bolsonaro

 











O ex-ministro e pré-candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, recebeu solidariedade de 25 vereadores do Fortaleza após ter sido alvo da abertura de investigação, por parte da Polícia Federal, por críticas ao presidente Jair Bolsonaro. O presidente da Câmara Municipal, Antônio Henrique, puxa a nota assinada por outros 24 verdejares.

NOTA – APOIO CIRO GOMES

A tentativa de usar a Polícia Federal para investigar o ex-governador Ciro Gomes por suas críticas ao presidente da República é uma evidência de que o Governo Federal tem utilizado as instituições públicas de forma antidemocrática, com o objetivo de intimidar adversários políticos.

Atos como esse devem ser duramente confrontados, porque ferem a Constituição Federal, fragilizam a democracia brasileira e colocam em risco uma série de avanços conquistados a partir da Carta Magna de 1988.

A livre manifestação do pensamento e o exercício da crítica são direitos de todos os cidadãos, garantidos constitucionalmente, e não podem ser violados sob nenhuma hipótese, ainda mais por quem mais tem obrigação de zelar pelo cumprimento das leis. As tentativas de cerceamento desses direitos têm viés autoritário e devem ser severamente repudiadas pela sociedade, pelo risco eminente que representam para a própria democracia.

Este grupo de vereadores de Fortaleza se solidariza ao ex-governador Ciro Gomes, alvo dessa estranha manobra política, assim como a todos aqueles que se opõem legitimamente ao atual Governo Federal e estão passando por ameaças e intimidações semelhantes. Assim como qualquer cidadão, o ex-governador deve ter preservado o direito de emitir avaliação sobre as decisões políticas do presidente da República e denunciar ações que não favoreçam o bem comum, sobretudo no contexto de crise sanitária ocasionada pela Covid-19.

A oposição faz parte da democracia e o respeito a ela demonstra a grandeza de um representante político. Aos governantes, cabe a humildade de reconhecer eventuais falhas e buscar soluções para o grave problema que estamos enfretando neste período. O momento exige compromisso com a preservação da vida dos brasileiros e não há espaço para atitudes arbitrárias de intimidação e silenciamento daqueles que observam consternados o descaso com o qual vem sendo tratada a gestão da pandemia no País.

  • Antônio Henrique – Presidente da Câmara Municipal de Fortaleza
  • Verador Júlio Brizzi – Líder do PDT na Câmara Municipal de Fortaleza
  • Vereadora Kátia Rodrigues – Cidadania
  • Vereador Eudes Bringel – PSB
  • Vereador Léo Couto – Presidente Municipal do PSB
  • Vereador Dr. Elpidio – PDT
  • Vereador Ppcell – PSD
  • Vereador Lúcio Bruno- Vice Líder do PDT na Câmara Municipal de Fortaleza
  • Vereadora Ana Aracapé- PL
  • Professor Enilson- líder do Cidadania na Câmara Municipal de Fortaleza
  • Vereador Dr Luciano Girão – PP
  • Vereador Raimundo Filho – PDT
  • Vereador Emanuel Acrizio, Líder do PP na Câmara Municipal de Fortaleza
  • Vereador Adail Junior – PDT 1º Vice Presidente da CMFOR
  • Vereador Gardel Rolim – PDT
  • Vereadora Estrela Barros – Partido Rede
  • Vereador Cônsul do Povo Erivaldo Xavier – PSC
  • Vereador Carlos Mesquita – PDT
  • Vereador Fábio Rubens – PSB
  • Vereador Renan Colares – PDT
  • Vereador Paulo Martins – PDT
  • Vereadora Enfermeira Ana Paula – PDT
  • Vereadora Claudia Gomes-DEM
  • Vereadora Tia Francisca – PL
  • Vereador José Freire – PSD

Nenhum comentário:

Postar um comentário