segunda-feira, 22 de março de 2021

Chiquinho Feitosa reafirma candidatura em 2022 e ACM Neto pede mais um nome à Câmara Federal

 








A visita do presidente da Executiva Nacional do DEM a Fortaleza, ex-prefeito de Salvador, ACM Neto, selou a pré-candidatura do empresário Chiquinho Feitosa à Câmara Federal em 2022. ACM pediu a Chiquinho para o DEM do Ceará trabalhar para eleger dois representantes à Câmara Federal. Ex-deputado federal e primeiro suplente do senador Tasso Jereissati (PSDB), Chiquinho é, atualmente, o presidente do DEM no Ceará.


O segundo nome na disputa das eleições proporcionais do próximo pode ser do ex-deputado federal e ex-vice-prefeito Moroni Torgan. Moroni se desgastou com a cúpula nacional do DEM quando filiou o filho Mosiar ao PDT para disputa das eleições de 2018 e 2020.


Mosiar, sequer, ficou como suplente em condições de assumir o mandato – fosse na Câmara Federal, na legislatura que começou em 2019, ou na Câmara Municipal da Capital, na legislatura aberta em janeiro deste ano. Em 2020, Mosiar ficou como o 12º suplente do PDT, ao receber 3.808 votos.


A boa relação de Moroni com dirigentes estaduais e nacionais do DEM abre, porém, as portas para o seu retorno à sigla para uma possível candidatura de deputado federal.

A passagem de ACM Neto pela capital cearense, na última quinta-feira, teve, também, agenda com lideranças nacionais e regionais do PDT tendo como principal pauta a corrida pela Presidência da República.

                                                                              Ceará Agora 

Nenhum comentário:

Postar um comentário