sábado, 20 de março de 2021

Camilo apoia Ciro, alvo da PF: "Investigação deve ser para quem sabota o combate à Covid"

 











Ciro Gomes e Camilo Santana (Foto: PAULO MOSKA)
Ciro Gomes e Camilo Santana (Foto: PAULO MOSKA)

O governador Camilo Santana (PT) manifestou solidariedade ao ex-governador do Ceará e ex-ministro Ciro Gomes (PDT), alvo de inquérito Polícia Federal (PF) por críticas feitas ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

"Solidariedade ao amigo e grande brasileiro Ciro Gomes. Investigação deve ser para quem sabota medidas preventivas de combate à Covid, que tem matado milhares de brasileiros, e não para quem luta pela democracia e pelo Brasil", afirmou o governador.


"Solidariedade ao amigo e grande brasileiro Ciro Gomes. Investigação deve ser para quem sabota medidas preventivas de combate à Covid, que tem matado milhares de brasileiros, e não para quem luta pela democracia e pelo Brasil", afirmou o governador.

Ciro virou alvo da PF por declarações contra o presidente durante entrevista a emissora de rádio de Sobral. O inquérito é assinado pelo próprio presidente Bolsonaro e pelo ministro da Justiça, André Mendonça. O caso está na Justiça Federal do Distrito Federal. A base do documento é o artigo 145 do Código Penal, que versa sobre crime contra a honra.

                    O povo 

Nenhum comentário:

Postar um comentário