terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

Identificados na Pefoce os mortos no rompimento de tubulação em Brejo Santo

 










A Polícia Civil identificou na manhã desta terça-feira (9) as três vítimas do acidente provocado pelo rompimento  de uma tubulação do Açude Atalho, localizado na zona rural do Município de Brejo Santo, na Região do Cariri (a 540Km de Fortaleza).  O fato ocorreu na tarde de ontem (8) e os corpos das vítimas foram resgatados e encaminhados ao Núcleo Regional da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) de Juazeiro do Norte.


Morreram  no acidente de trabalho o engenheiro mecânico Nivaldo B. Carmago, natural de São Paulo (SP), e os auxiliares de engenharia Hélder Pereira da Silva e Misael Brasil dos Santos. Os dois últimos eram naturais da cidade de Paulo Afonso, na Bahia. Os familiares das três vítimas estão sendo aguardados nesta terça-feira em Juazeiro para fazerem o reconhecimento formal dos corpos e a posterior liberação para o sepultamento em suas terras natais.

Um quarto operário saiu gravemente ferido, sendo identificado pelas autoridades como Waldir Fernandes dos Santos, que foi removido do local por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado, inicialmente, ao Hospital Municipal de Brejo Santo, sendo, posteriormente, transferido para Juazeiro do Norte.

No momento do rompimento da tubulação havia 20 operários no local. O acidente aconteceu quando eram feitos testes técnicos no sistema de barragem. Era por volta das 16h30 quando ocorreu o sinistro.

A Barragem  do Atalho faz parte dos equipamentos da transposição das águas do Rio São Francisco.

Ministério lamentou

Em nota à Imprensa, o Ministério do Desenvolvimento Regional  (MDR) lamentou as três mortes e informou que está providenciando toda a assistência necessária aos familiares das vítimas.  Também informou que a estrutura da barragem onde aconteceu o rompimento não foi afetada, estando livre de vazamentos que possam colocar em risco a população da região.

Desde novembro do ano passado, a Barragem do Atalho começou a receber água do Rio São Francisco. Em agosto  de 2020, houve rompimento de um duto na cidade de Jati.

Ainda hoje, o titular da Secretaria Nacional  de Segurança Hídrica do Ministério de Desenvolvimento Regional, Sérgio Costa, esteve no local do acidente, Uma perícia está sendo realizada para  descobrir a causa do rompimento da tubulação que causou os três óbitos.


        Jornalista Fernando Ribeiro 

Nenhum comentário:

Postar um comentário