O presidente da Executiva Regional do PSDB, ex-senador Luiz Pontes, retornou, na noite dessa quarta-feira (03), para casa, após receber alta hospitalar da Covid-19. Foi uma longa jornada de 56 dias de internação. O ex-senador entrou no Hospital Monte Klinikum, em Fortaleza, no dia 8 de dezembro, após ser diagnosticado com a Covid-19.

Os primeiros sintomas da doença – como tosse e garganta inflamada, o fizeram ficar em casa cumprindo o protocolo do tratamento da doença. Três dias após a testagem positiva, Luiz Pontes, por recomendação médica, foi internado e esperava sair do hospital quatro ou cinco dias depois.


O quadro de saúde, porém, se complicou e o ex-senador foi para um leito de UTI, passou por longos dias de sedação, fez traqueostomia e, após 40 dias de internação, teve uma melhora significativa que levaram os médicos a reduzir a carga de sedativos.

Entre o dia 8 de dezembro de 2020 e o dia 4 de fevereiro, quando retornou para a sua residência, o ex-senador Luiz Pontes teve o acompanhamento de dedicados profissionais de saúde – médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, contou com a presença diária dos familiares e com as orações de amigos e correligionários políticos que, a cada dia, perguntavam sobre a evolução do quadro clínico do líder tucano.

Durante o período de internação, Luiz Pontes completou, no dia 22 de janeiro, 65 anos. Agora, mais do que nunca, o ex-senador tem motivos para comemorar a idade nova e, hoje, pela manhã, após 56 dias, toma, em casa, o primeiro café da manhã ao lado da família. 


                      Ceará Agora