Páginas

Facebook

sexta-feira, 22 de janeiro de 2021

OAB Ceará formaliza pedido para ingressar como membro do Pacto Global da ONU

      


Nesta quinta-feira (21), o presidente da OAB Ceará, Erinaldo Dantas, formalizou pedido para ingressar como membro do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU), com a  assinatura da Carta de Compromisso dirigida ao Secretário Geral da Organização das Nações Unidas, António Guterres. Esta é a primeira etapa para a adesão da instituição ao Pacto e representa relevante expressão pública do apoio e difusão dos princípios. Após a assinatura, será dado prosseguimento ao processo de submissão da adesão da OAB-CE ao Pacto. Essa iniciativa tem o apoio do Conselheiro Federal da OAB e presidente da Comissão de Direitos Humanos do Conselhos Federal, Hélio Leitão; do presidente e de membros da Comissão Especial Brasil/Onu de Integração Jurídica e Diplomacia Cidadã para Implementação dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, Italo Bezerra, Desirée Cavalcante e Harley Carvalho, respectivamente.


Erinaldo Dantas destacou que a pauta é extremamente importante e precisa ser levada adiante, porque possibilita a participação da Ordem em debates de espectro internacional de extrema relevância como, por exemplo, paz, justiça e direitos humanos. "Vamos incentivar que as demais Seccionais também façam parte, colaborem e cooperem com o Pacto Global da ONU. Além disso, vamos sugerir a criação de uma comissão temática para discutir o assunto em cada uma das Seccionais do país", afirmou. 


Para Ítalo Bezerra hoje foi um dia histórico para a advocacia cearense. "A OAB/CE por meio de seu presidente manifestou seu interesse em aderir ao Pacto Global da ONU e certamente servirá como um farol para a sociedade civil seguir e igualmente se comprometer com os princípios do Pacto Global e dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. Nós da comissão estamos todos honrados por contribuir para tamanha façanha", declarou.


O Pacto Global da Organização das Nações Unidas lançado em 2000, pelo então secretário-geral das ONU, Kofi Annan, é uma chamada para as empresas e instituições alinharem suas estratégias e operações a dez princípios universais nas áreas de Direitos Humanos, Trabalho, Meio Ambiente e Anticorrupção, com o objetivo de desenvolver ações que contribuam para o enfrentamento dos desafios da sociedade. É hoje a maior iniciativa de sustentabilidade corporativa do mundo, com mais de 13 mil membros em quase 80 redes locais, que abrangem 160 países.


A OAB-CE tem se empenhado no projeto de adesão e difusão dos princípios do Pacto Global e dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, o que foi materializado, no fim do ano passado, com a criação da Comissão Especial Brasil/Onu de Integração Jurídica e Diplomacia Cidadã para Implementação dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.