sábado, 12 de dezembro de 2020

Morre Ubirany, do Fundo de Quintal, aos 80, vitima de Covid-19

 O sambista Ubirany Félix do Nascimento, popularmente conhecido como Ubirany, morreu, aos 80 anos, nesta sexta-feira (11), por causa da Covid-19. O músico estava internado num hospital no Rio de Janeiro devido à doença, mas não resistiu. A informação foi divulgada pelas redes sociais do grupo Fundo de Quintal, do qual Ubirany fazia parte.

3d9f49811c6bb65d235dd1866811fedf
Reprodução

O artista, que era compositor, instrumentista e cantor, é um dos fundadores de um dos maiores grupos de samba do Brasil, o Fundo de Quintal, surgido na década de 1970, numa quadra do bloco Cacique de Ramos, na zona norte do Rio.

Os criadores do grupo tinham o hábito de se reunir naquele lugar para jogar futebol, beber cerveja e tocar. A banda teve início quando Beth Carvalho os conheceu e quis os convencer a gravar. Desde então, o samba nunca mais foi o mesmo.

Ubirany foi também o criador do repique de mão, instrumento que faz parte da estrutura sonora do subgênero pagode.

Após a divulgação da morte do artista, diversos nomes da música brasileira prestaram homenagens nas redes sociais.

“Ubirany, o maior dos maiores. Inventor do repique de mão, peça fundamental em qualquer roda de samba. Um verdadeiro ‘gentleman’. Sempre sorridente, elegante. Esse vírus terrível leva embora um pedaço do subúrbio carioca. Que tristeza! Descanse em paz, mestre!”, disse a cantora Teresa Cristina.

“A assessoria [do Fundo de Quintal] informará, posteriormente, questões sobre velório e sepultamento do sambista. Pedimos respeito ao luto de amigos e familiares, que se manifestarão em momento oportuno e espontâneo”, diz a nota divulgada pelo grupo.

Fonte: Folhapress

Nenhum comentário:

Postar um comentário