sábado, 21 de novembro de 2020

Projetos de escolas cearenses obtém 1º e 2º lugares no Prêmio Respostas para o Amanhã

 


 




Três projetos desenvolvidos em escolas da rede pública estadual do Ceará foram destaque na 7ª edição do Prêmio Respostas para o Amanhã, cujo resultado final foi anunciado nesta quinta-feira (19) durante cerimônia online. As iniciativas cearenses conquistaram o 1º e o 2º lugares nacionais, além de uma vitória pelo voto do Júri Popular.

A premiação busca estimular e divulgar ações de investigação e experimentação científica e tecnológica realizadas por estudantes do Ensino Médio de escolas públicas. A iniciativa é da empresa Samsung, com coordenação geral do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec Educação). Ao todo, 1.749 estudantes, 997 professores e 303 escolas de todo o Brasil participaram do Prêmio, que teve 521 projetos avaliados.

As equipes, de 3 a 5 participantes, deveriam desenvolver trabalhos que enfatizassem o ensino desses campos do conhecimento para diagnosticar demandas reais e apresentar respostas que melhorassem a qualidade de vida das pessoas. Os projetos foram orientados por professores que lecionam disciplinas das áreas das Ciências da Natureza e da Matemática e suas Tecnologias.

Sustentabilidade
O 1º lugar nacional foi do trabalho “Vespertílio 01- robô semeador para a agricultura familiar”, desenvolvido por estudantes da Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP) Edson Queiroz, em Cascavel-CE. Como forma de contribuir para a melhoria das condições de vida dos agricultores, o projeto apresenta um robô movido a energia solar, confeccionado com materiais reciclados, capaz de auxiliar produtores no plantio de sementes.

Tocador de vídeo
00:00
03:01

“Em Cascavel, metade da população – 30 mil pessoas – necessita dessa tecnologia para melhorar a produção de alimentos”, explica o estudante Ud Madeiro, um dos componentes da equipe. “Com esse projeto, aprendi que podemos usar os nossos conhecimentos para ajudar a nossa comunidade”, relata a colega Jamilly Félix. “A segurança alimentar é uma das coisas mais importantes da vida de qualquer ser vivo. Por isso, eu fico muito feliz em impactar positivamente a vida dessas pessoas”, ressalta Anna Beatriz Santos, que também participou do empreendimento. A professora Thayane Rabelo Braga Farias foi a orientadora da iniciativa.

Tocador de vídeo
00:00
02:59

O município de Cascavel também abriga o 2º lugar nacional do Prêmio, com o projeto “CapSeed: Revestimento de Sementes com Goma Sustentável”, elaborado por alunos da Escola de Ensino Médio (EEM) Ronaldo Caminha Barbosa. A situação-problema identificada pela equipe é a perda de quantidade relevante de sementes para plantio durante o período de armazenamento. A proposta de solução é sintetizar um revestimento inovador para prolongar a vida útil dos grãos no decorrer deste período.

Tocador de vídeo
00:00
02:59

Entre os vencedores pelo Júri Popular, destaca-se mais um projeto desenvolvido por escola situada em Cascavel. O trabalho denominado “BAP: Biocompósito para Adsorção de Poluentes”, desenvolvido por jovens da Escola de Ensino Médio em Tempo Integral (EEMTI) Marconi Coelho Reis busca contribuir com soluções para o acesso à água tratada pela população. Assim, a equipe se propôs a investigar o potencial dos resíduos agroindustriais de abóbora como um biocoagulante facilitador do tratamento da água.

Premiação

Cada estudante da equipe que obteve o 1º lugar receberá um smartphone Samsung. Os membros do grupo que ficou em 2º lugar terão direito a um tablet Samsung, cada um. Para os vencedores eleitos pelo Júri Popular, será entregue um troféu e fones de ouvido Samsung BUD+ para cada integrante.

Além disso, as escolas em que cada um destes projetos foi desenvolvido será contemplada com uma smart TV Samsung.

O Prêmio também já havia agraciado os professores orientadores dos 100 primeiros projetos considerados aptos com um “Kit Arduino Samsung”. Na sequência, os 20 projetos semifinalistas foram contemplados com 1 notebook Samsung, e terão apoio de mentoria online para desenvolvimento das ações.

Cada estudante das 10 equipes finalistas também foi contemplado com um notebook Samsung e o professor orientador com um smartwatch Samsung.

*Com informações do portal do Prêmio Respostas para o Amanhã

Nenhum comentário:

Postar um comentário