sexta-feira, 20 de novembro de 2020

Polícia Civil deflagra operação que investiga fraude em dispensas de licitações envolvendo empresários em Barbalha

 

WhatsApp-Image-2020-11-19-at-17.20.03-600x338

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) deflagrou na última terça-feira (17) a segunda fase de uma operação que tem como objetivo o cumprimento de mandados de busca e apreensão referente uma investigação que apura fraudes em processos de dispensas de licitações ocorridas na cidade de Barbalha, durante a pandemia do COVID-19. Os alvos desta fase da operação são um grupo de empresários da região.

Durante a operação foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão nas cidades de Barbalha, Juazeiro do Norte e Crato, pertencentes à Área Integrada de Segurança 19 (AIS 19) do Estado. Foram apreendidos documentos, aparelhos celulares e equipamentos de informática como computadores e notebooks.

As investigações identificaram indícios de fraude em dispensas de licitações realizadas para aquisição de material de higiene, equipamentos de proteção individual, serviços de propaganda e contratação de empresa para montagem de stand de drive thru para atendimento à população.

Entre os indícios de fraudes verificados estão a escolha de empresas antes mesmo da instauração de processos de licitação, pertencentes ao mesmo grupo familiar, além de empresas de “fachada” sem empregados e bens, apresentação de propostas de cobertura e montagem de processos de dispensa de licitação.

A soma de recursos públicos envolvidos nas dispensas de licitação investigadas alcança a cifra de aproximadamente R$ 1 milhão. A Polícia Civil segue investigando o caso.

Denúncias

A população pode contribuir repassando informações que ajudem nos trabalhos policiais no combate à criminalidade na região. As denúncias podem ser feitas pelo (88) 3102-1196, da Delegacia Municipal de Barbalha. Outro contato que pode ser utilizado pela população é o 181, do Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). O sigilo e o anonimato são garantidos. 

SSP CE 

Nenhum comentário:

Postar um comentário