quarta-feira, 18 de novembro de 2020

Macapá registra novo apagão total na cidade

 

O Amapá voltou a enfrentar na noite desta terça-feira, 17, um novo blecaute após o sistema de abastecimento do Estado falhar mais uma vez. A queda no fornecimento de energia ocorre 14 dias depois do primeiro colapso na rede de transmissão da Linhas de Macapá Transmissora de Energia (LMTE).

Em nota, a Linhas de Macapá Transmissora de Energia (LMTE) informou que a falta de energia não teve origem na linha de transmissão da companhia e que não há nenhum problema no transformador que a empresa instalou na subestação que apresentou problemas e resultou em um apagão no estado no início deste mês e que levou o estado a decretar situação de emergência.

Segundo a empresa, a subestação segue disponível e operando desde o dia 7 de novembro.

Moradores de bairros de Macapá têm relatado que o fornecimento está oscilando. Desde o último domingo, regiões da capital do estado passavam por um rodízio e ficavam três horas com energia e três horas sem.

O Operador Nacional do Sistema confirmou o que chamou de “uma ocorrência no Amapá”.

O senador Randolfe Rodrigues se manifestou nas redes sociais e pediu um esclarecimento urgente das autoridades.

Randolfe apresentou recentemente um projeto para criação de um fundo que reúna doações e recursos de ações na Justiça para compensar financeiramente a população afetada pelo apagão no Amapá.

O jogador Richarlisson, do Everton e da seleção brasileira, também se manifestou sobre o problema após ter marcado um dos gols da vitória do Brasil sobre o Uruguai fora de casa por 2 a 0.

Com Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário