sexta-feira, 30 de outubro de 2020

Urca tem avaliações positivas no Enade, com qualificações dos cursos de Enfermagem e Engenharia de Produção

 



urca30-2048x1365-1-768x512

e dos cursos da Urca com isso é atestada pelos próprios alunos, através do resultado dos exames, já no processo de conclusão dos cursos. O curso de Enfermagem, em Crato, obteve nota 4; em Iguatu, o curso de Enfermagem obteve nota 3, e o curso de Engenharia de Produção, em Juazeiro do Norte, chegou a nota 3.

Resultado de ações conjuntas

Para o Reitor da Urca, Professor Francisco do O’ de Lima Júnior, o resultado traz consigo a consolidação de um trabalho de muitas mãos envolvidas. A coordenação dos cursos, a política de formação integrada da Universidade fortalecendo ensino, além da pesquisa e extensão dentro das bases curriculares de cada curso.

“Com estes resultados, a URCA reafirma sua importância como uma das grandes universidades do Ceará e do Nordeste”, disse Lima Júnior.

Ele afirma que, no caso da Enfermagem, a qualidade e o bom resultado se constituem num processo em curso há tempo marcado pela boa formação dos professores e o envolvimento dos estudantes, numa proposta curricular cuidadosa. Já na Engenharia de Produção Mecânica se percebe uma melhoria em relação à última avaliação, que também reflete a opção acertada da política de qualificação docente.

“Muitos desafios precisam ser vencidos para continuarmos avançando como a agenda de melhoria infraestrutural em curso e a intensificação das nossas conexões com a comunidade de serviços”, disse.

Segundo o Vice-Reitor, Carlos Kleber de Oliveira, as notas obtidas por esses três cursos confirmam a qualidade da graduação da Urca, e especificamente no caso da boa qualidade do curso de Enfermagem de Crato, Iguatu e Engenharia de Produção Mecânica. Esse, conforme o professor, é o resultado de um trabalho coletivo. Professor Kleber aproveita e parabeniza especialmente os estudantes que tiveram o desempenho em prol dos cursos, professores e coordenadores.

Valorização

O professor Flávio Mendonça, do curso de Engenharia de Produção, avalia a nota conquistada, o que mostra a importância do corpo docente e discente em valorizar a participação nesta prova. “Neste último Enade demos uma atenção especial aos nossos alunos, estivemos presente no dia da prova e nos mostramos parceiros nesse processo. O curso tem um grande valor para região e nestes 25 anos de existência formou profissionais que estão espalhados em todo o país”, afirma o professor.

A nota valida, segundo o professor Flávio Mendonça, o trabalho que vem sendo desenvolvido pela Urca, através de parcerias com o curso de Engenharia da Unesp, o que permitiu a capacitação de oito dos professores do curso a nível de doutorado; pelos professores que tem se dedicado a melhorar os métodos de ensino, para maior aprendizado dos estudantes e pelos próprios alunos, enquanto futuros engenheiros. Ele agradece aos alunos e colegas que são os responsáveis pelo êxito obtido.

Para a coordenação do curso de Enfermagem da Urca, as professoras Sarah de Lima Pinto e Kenya Lisboa, o curso de Enfermagem da Urca é pioneiro no interior do Ceará. São 22 anos de curso em Crato, destacando-se pela qualidade do ensino público e gratuito. O corpo docente é qualificado, com mais de 80 % do quadro com doutorado. O curso prima pela qualidade na formação de profissionais com uma visão crítica, reflexiva e humanizada, no processo de cuidar de pessoas.

Os resultados destes instrumentos avaliativos, reunidos, permitem conhecer, em profundidade, o modo de funcionamento e a qualidade dos cursos e Instituições de Educação Superior (IES) de todo o Brasil.

(*)com informação do Governo do Estado do Ceará

Nenhum comentário:

Postar um comentário