quarta-feira, 7 de outubro de 2020

Sem escolta da PF, Moro deve deixar o Brasil

 moro




Percebendo as decisões precipitadas que tomou (abandono da magistratura e desistência do cargo de Ministro da Justiça), Sérgio Moro poderá deixar o país.

Mônica Bergamo, colunista esquerdista da Folha, obteve informações sobre a relação de Moro com a família e escreveu que o desejo dos parentes é que ele se afaste da política e deixe o Brasil.

A ideia da família, segundo a colunista, é que Moro dê aulas de direito no estrangeiro e se afaste da ideia de concorrer à Presidência.

Rosângela Moro, esposa do ex-juiz federal, já manifestou diversas vezes a interlocutores que o marido contribuiu positivamente com o país e que a política partidária não é para ele .

Também foi dito na coluna que Moro revelou que não deveria abandonado o governo disparando contra Bolsonaro.

A partir deste mês, Moro perde o direito à escolta da Polícia Federal, após cumprir quarentena obrigatória do cargo de ministro da Justiça e Segurança Pública.

(Diário do Brasil)

Nenhum comentário:

Postar um comentário